PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Após ato de machismo, Atlético Mineiro afasta "Galo Doido" do clube

O fato aconteceu contra a zagueira Vitória Calhau

13:35 | 17/02/2020
Clube publicou nota de repúdio contra o ato em redes sociais
Clube publicou nota de repúdio contra o ato em redes sociais (Foto: Twitter/Atlético Mineiro)

Na manhã desta segunda-feira, 17, o Atlético Mineiro se posicionou sobre o ocorrido na tarde de domingo, 16, durante o intervalo da partida contra a Caldense. Em nota divulgada nas redes sociais, o clube "lamenta e repudia o comportamento do funcionário, que foi sumariamente afastado".

Ao lado de diversas jogadoras, o mascote do clube Galo apresentava o time feminino para os torcedores no Mineirão. O mascote fez a zagueira Vitória Calhau dar uma "voltinha" acompanhada de um gesto em que esfregava as mãos, ambas atitudes relacionando-se ao corpo da atleta.