PUBLICIDADE
Mais Esportes
NOTÍCIA

Fortaleza Basquete Cearense perde para Minas e chega à segunda derrota seguida no NBB

A equipe cearense, que jogou desfalcada de Holloway, principal jogador do time, e Sualisson, ambos com Covid-19, sofreu revés por 82 a 67

Gabriel Lopes
18:11 | 19/11/2020
O Tricolor perdeu a segunda consecutiva
 (Foto: Luísa Xavier/Fortaleza Basquete Cearense)
O Tricolor perdeu a segunda consecutiva (Foto: Luísa Xavier/Fortaleza Basquete Cearense)

Na tarde desta quinta-feira, 19, o Fortaleza Basquete Cearense entrou em quadra pela quinta rodada do NBB 2020-2021. Jogando no ginásio Professor Hugo Ramos, em Mogi das Cruzes (São Paulo), uma das sedes fixas da competição, o "Carcalaion" foi derrotado pelo Minas por 82 a 67. Com o revés, a equipe cearense chegou ao retrospecto de três derrotas e duas vitórias na temporada.

O Fortaleza Basquete Cearense jogou desfalcado do ala norte-americano Desmond Holloway, maior pontuador em média do NBB nos três primeiros jogos, e do ala-pivô Sualisson, contaminados com Covid-19. Contudo, o pivô Lucas "Bebê" Nogueira, que esteve ausente dos últimos dois embate spor lesão, retornou e atuou com minutagem reduzida. Foi a segunda derrota consecutiva da agremiação, as duas sem a presença de Holloway e Sualisson em quadra.

O primeiro quarto teve bastante equilíbrio, com bom aproveitamento do time cearense no garrafão. Contudo, a partir do segundo quarto, os mineiros abriram grande vantagem no placar, principalmente por causa da diferença no aproveitamento nas bolas de três pontos. Enquanto o Fortaleza BC acertou 29,6% dos arremessos, o Minas conseguiu 47,6%.

Assim, a vantagem construída no segundo quarto foi administrada pela equipe mineira no últimos dois períodos do jogo. O Minas, que estreou com derrota para o Flamengo, com a vitória sobre o Fortaleza BC por 15 pontos de diferença, chegou à terceira vitória consecutiva e soma três triunfos em quatro rodadas disputadas.

O ala-pivô de Bahamas Nesbitt, do Minas, foi o cestinha do jogo, com 19 pontos. Ele também liderou em rebotes, com sete, juntamente de Felipe Ribeiro, do Fortaleza BC. Rashaun foi o maior pontuador dos cearenses, com 18 pontos. Em assistências, Johnson, do Minas, foi o líder, com sete passes para cestas convertidas.

O Carcará/Leão volta à quadra somente no dia 2 de dezembro, contra o Caxias do Sul-RS, na minisede de Brasília. Já o Minas atua novamente no sábado, 21, contra a Unifacisa-PB.