PUBLICIDADE
Mais Esportes
Noticia

Fortaleza Basquete Cearense apresenta projeto para NBB 2020-2021

Por meio de entrevista virtual, técnico Alberto Bial e atletas do Carcará detalharam como está sendo a preparação para a próxima edição do torneio nacional

Iara Costa
21:38 | 27/10/2020
Thalis Braga, Alberto Bial e Marcelo Paz
 (Foto: Thais Pontes/Fortaleza EC)
Thalis Braga, Alberto Bial e Marcelo Paz (Foto: Thais Pontes/Fortaleza EC)

Trabalhando há 25 dias, o Fortaleza Basquete Cearense apresentou parte do projeto montado para o NBB 2020-2021 em transmissão ao vivo nesta terça-feira, 27. Além de divulgar o torneio preparatório que a equipe disputa entre os dias 30 de outubro e 1° de novembro, em Campina Grande, na Paraíba, o time apresentou alguns dos atletas do elenco e o técnico Alberto Bial, que retornou à equipe.

No projeto do Carcará desde o ano passado, o ala-armador Cauê destacou como tem sido a preparação para a temporada e frisou as expectativas dos atletas para o NBB. "Obviamente as expectativas são boas. O grupo é maravilhoso, um trabalho bem feito e uma equipe que entende o que é necessário se fazer dentro de quadra. Sabemos que os reforços são muito bons e o que nos resta é trabalhar, pois defendemos agora uma outra camisa forte, pesada", disse o jogador. 

O discurso foi reforçado pelo técnico Alberto Bial, que ressaltou que o time necessita de uma preparação longa para alcançar altos objetivos no certame. "É um campeonato difícil, mas isso só nos dar mais vontade de nos prepararmos melhor. Precisamos de uma preparação longa e no dia a dia, jogo a jogo, passar e tentar chegar nos playoffs para crescermos na competição".

Nesta próxima edição, o time conta com algumas novidades. A maior delas é a presença do pivô Lucas Bebê, que revelou durante a entrevista que pensou em largar o basquete, mas que foi motivado por seu atual técnico a continuar no esporte. 

"Quem me acompanha sabe que estou parado há um tempo, pois passei por alguns problemas e andava muito desmotivado. Tinha decidido não continuar com isso, mas o Bial, meus empresários, minha família, me deram uma injeção motivacional. Foi bom voltar a jogar basquete", declarou o pivô, que chegou a ser elogiado por se recuperar de problemas pessoais pelo treinador do Carcará. O veterano de 28 anos e 2,13m jogou quatro temporadas na NBA e recentemente voltou à seleção brasileira para disputar as eliminatórias da Copa América.

"O mais bonito na vida é quando você tropeça e cai, mas se levanta. O problema é como você se levanta e tá sendo bonito ver ele se levantar e já começa com uma convocação", pontuou Bial.  

Torneio integração de basquete

Sexta 30/10 (18h30min) - Unifacisa x Fortaleza

Sábado 31/10 (18h30min)- Sport Recife x Fortaleza

Domingo 1°/11 (11 horas)- Unifacisa x Sport Recife

Transmissão: TV Leão