PUBLICIDADE
Mais Esportes
NOTÍCIA

Basquete Cearense é superado pela Unifacisa e encerra 1° turno do NBB com mais uma derrota

Carcará fechou o turno com apenas três vitórias e desempenho de apenas 20% dos pontos conquistados.

Bruno Balacó
18:47 | 28/12/2019
Basquete Cearense só conseguiu reagir no 3° período, mas não teve forças para buscar a virada.
Basquete Cearense só conseguiu reagir no 3° período, mas não teve forças para buscar a virada. (Foto: Daniel Nery)

O Basquete Cearense fechou sua participação em 2019 amargando mais um resultado negativo. Dessa vez, o revés foi para a Unifacisa, por 65 a 55, no duelo dos dois únicos representantes nordestinos no NBB, em jogo disputado na tarde deste sábado, 28, e que lotou o ginásio da Unifacisa, em Campina Grande-PB.

Com uma série de três derrotas seguidas, o Carcará terminou o primeiro turno do Campeonato na vice-lanterna, com a campanha de apenas três vitórias e 12 derrotas em 15 jogos, com um desempenho de apenas 20% dos pontos disputados. O retrospecto já é um dos piores desde que a equipe começou a disputar o torneio, em 2012, semelhante ao retrospecto da temporada 2014/2015, quando o time ficou em 14° na classificação geral, com a campanha de oito vitórias e 22 derrotas em 30 jogos. Naquela ocasião, a equipe ficou fora dos playoffs, diferente das outras seis disputadas que a equipe teve na elite do basquetebol brasileiro.

Estreante dessa edição, a Unifacisa, com a vitória deste sábado, garantiu um lugar no G-8 e conquistou vaga na Copa Super 8, torneio de verão com os oito melhores colocados do NBB, que será disputado no início de janeiro.

Agora, o Basquete Cearense, do técnico Dannyel Russo, terá um bom para esfriar a cabeça e buscar a reação no returno do NBB. O Carcará só volta à quadra no dia 15 de janeiro de 2020, quando tem compromisso marcado diante do Pinheiros, em partida marcada para as 19h30min, no ginásio do Centro de Formação Olímpica (CFO), em Fortaleza.

Contra a Unifacisa, o Basquete Cearense viu os donos da casa assumirem o controle da partida desde o início. O primeiro período terminou com vantagem dos paraibanos por seis pontos. No segundo quarto, a equipe de Campina Grande manteve o ritmo, abriu mais seis pontos no marcador e foi para o intervalo com 35 a 23.

Na volta para o 2º tempo, o Basquete Cearense equilibrou as ações no 3º período, que terminou empatado em 18 a 18. Com uma vantagem de 12 pontos no placar, a Unifacisa teve dificuldades para administrar o placar e chegou a ser pressionada pelo Carcará, que encostou no marcador, mas acabou desconcentrando nos segundos finais, perdendo por uma diferença de 10 pontos.