PUBLICIDADE
Esportes

Wolff coloca Schumacher como responsável por sucesso da Mercedes

Nenhuma outra equipe da Fórmula 1 se encontra no mesmo patamar da Mercedes, atual pentacampeã da categoria. Para o chefe Toto Wolff, porém, todo o sucesso alcançado nos últimos anos se deve muito a Michael Schumacher, que foi piloto da construtora alemã por três temporadas (2010, 2011 e 2012), antes de ser substituído por Lewis [?]

12:45 | 03/01/2019

Nenhuma outra equipe da Fórmula 1 se encontra no mesmo patamar da Mercedes, atual pentacampeã da categoria. Para o chefe Toto Wolff, porém, todo o sucesso alcançado nos últimos anos se deve muito a Michael Schumacher, que foi piloto da construtora alemã por três temporadas (2010, 2011 e 2012), antes de ser substituído por Lewis Hamilton, campeão de quatro dos cinco circuitos mundiais.

?Michael é um dos fundadores do sucesso que tivemos nos últimos cinco anos. Não há outro piloto como ele, e sua vasta experiência contribuiu de forma tremenda para o desenvolvimento de nossa equipe?, afirmou, em comunicado publicado nesta quinta-feira, dia do 50º aniversário do ex-piloto, que segue internado em estado grave, em decorrência do acidente que sofreu há cinco anos atrás.

Apesar das palavras de Wolff, o heptacampeão da Fórmula 1 conquistou apenas um pódio em sua passagem pela Mercedes. Sua influência, porém, teria sido muito além dos resultados nas pistas.

?Ele desempenhou um papel crucial quando retornou à F1 e foi uma das pessoas que construíram a base para o sucesso futuro. Estamos extremamente gratos por tudo o que ele fez para nós?, completou.

No fim de 2013, Schumacher acabou sofrendo um forte acidente, em que caiu e bateu a cabeça contra uma pedra, enquanto esquiava com o seu filho nos Alpes Franceses. Desde então, poucas foram as informações sobre o real estado de saúde do alemão, mantido em sigilo por seus parentes e amigos.

 

Gazeta Esportiva

TAGS