PUBLICIDADE
NOTÍCIA

Segundo jornal francês, Neymar teria se recusado a treinar no PSG

Episódio teria ocorrido no dia 12 de fevereiro, após goleada por 6 a 1 da sua equipe contra o Dijon, pela Copa da França

14:40 | 26/02/2020
Neymar foi eleito o melhor do mês de janeiro
Neymar foi eleito o melhor do mês de janeiro (Foto: Sascha SCHÜRMANN / AFP)

O clima não está nada bom para Neymar no Paris Saint-Germain. Segundo o jornal francês “L’Equipe”, o camisa 10 se teria se recusado a treinar, após a goleada de 6 a 1 da equipe parisiense sobre o Dijon, pela Copa da França, no último dia 12.

Este é apenas mais um episódio polêmico do brasileiro no PSG. O motivo de sua ausência seria a não confirmação de sua titularidade na derrota para o Borussia Dortmund por 2 a 1 na última semana, na Liga dos Campeões. No fim das contas, Neymar acabou atuando e marcou o único gol de sua equipe.

Após o confronto contra os alemães, o craque foi a público e reclamou que não estava jogando. Segundo o treinador Thomas Tuchel, a decisão foi para preservá-lo de uma lesão nas costas, adquirida no início do mês. Para o capitão da Seleção Brasileira, a medida não era boa para o time.

“Infelizmente tive que acatar isso, tive várias discussões, não curti o que eles propuseram para mim. Mas o clube é quem manda, tive que respeitar, infelizmente. Mas isso acaba sendo ruim para mim e para os companheiros”, comentou naquela oportunidade.

O episódio só alimenta uma possível negociação do jogador de 28 anos na próxima janela de transferências.

Veja vídeo:

Ouça o episódio #06 do Futebol não é Soccer

Listen to "#06 - Por que a Juventus dominou a última década na Itália?" on Spreaker.