PUBLICIDADE
NOTÍCIA

Balotelli é vítima de cantos racistas por parte de torcida do Hellas Verona; veja vídeo

Após incidente, atacante ainda anotou o único gol do Brescia na partida

15:48 | 03/11/2019
Balotelli marcou seu segundo gol pelo Brescia
Balotelli marcou seu segundo gol pelo Brescia (Foto: AFP)

Em partida disputada neste domingo entre Hellas Verona e Brescia, no estádio Marcantonio Bentegodi, o atacante Mario Balotelli foi vítima de cânticos racistas por parte de torcedores da equipe rival. Aos nove minutos do segundo tempo, o jogador disputava lance próximo da bandeirinha de escanteio quando ouviu os insultos e deu um chute na bola em direção a arquibancada.

Em seguida, Balotelli saiu das quatro linhas e ameaçou abandonar o jogo, até que foi convencido pelos seus companheiros a continuar em campo. Ao perceber a situação, o árbitro parou a partida por quatro minutos e só permitiu a continuação após o sistema de som do estádio pedir para os torcedores deixarem de proferir ofensas.

Apesar do incidente, Balotelli marcou o único tento do Brescia aos 40 minutos do segundo tempo. O atacante acertou belo chute de fora da área, no ângulo. A partida acabou em vitória do Hellas Verona por 2 a 1.

Ainda na atual temporada do Campeonato Italiano, o brasileiro Dalbert, da Fiorentina, foi vítima de cantos racistas por parte da torcida da Atalanta. Na ocasião, a partida também foi interrompida. Além disso, Kessie, do Milan, e Lukaku, da Inter de Milão, foram outros jogadores que sofreram injúria racial.

Veja vídeo do momento em que Balotelli ameaça abandonar partida: