PUBLICIDADE
Fortaleza Esporte Clube
Noticia

Vojvoda elogia reação em virada e exalta jogadores do Fortaleza: "Muito orgulhoso"

Treinador valoriza atuação do Leão na vitória por 3 a 2 sobre a Chapecoense-SC e destaca "caráter e personalidade" dos atletas

18:56 | 30/06/2021
Vojvoda comanda o Fortaleza na partida diante da Chapecoense pela 8ª rodada do Brasileirão 2021 no Castelão.  (Foto: Aurélio Alves/O POVO)
Vojvoda comanda o Fortaleza na partida diante da Chapecoense pela 8ª rodada do Brasileirão 2021 no Castelão. (Foto: Aurélio Alves/O POVO)

A produção ofensiva e o poder de reação do Fortaleza na vitória por 3 a 2 sobre a Chapecoense-SC, de virada, renderam elogios do técnico Juan Pablo Vojvoda em entrevista coletiva após o duelo desta quarta-feira, 30, na Arena Castelão, pela oitava rodada do Campeonato Brasileiro.

Com três empates e uma derrota nos últimos quatro jogos, o Tricolor saiu atrás do placar e ainda perdeu o zagueiro Juan Quintero, expulso, mas conseguiu reverter o resultado parcial com gols de David, Robson e Yago Pikachu. O goleiro João Paulo ainda precisou trabalhar ao longo dos 90 minutos para evitar um placar mais elástico.

"Os primeiros tempos sempre são mais de estudo, o adversário fecha suas linhas. Apesar disso, o Fortaleza, no primeiro tempo, criou três ou quatro situações de gol muito claras. O adversário, em transições ofensivas, conseguiu o pênalti. Considero que o Fortaleza, no primeiro tempo, não merecia ir perdendo o jogo. No segundo tempo, o Fortaleza, com um homem a menos, tirou caráter e personalidade para virar esse jogo", analisou o treinador.

"Hoje (quarta-feira), o time fez uma boa partida. Tanto no primeiro tempo, porque soube criar situações de gol... Um primeiro tempo muito 'cortado', muita falta, não havia o ritmo de jogo. Eu prefiro o ritmo de jogo alto e sem tantas paradas. Creio que a equipe tem que seguir evoluindo e trabalharemos para isso", completou.

O comandante argentino considerou o cartão vermelho do defensor como "situação de jogo" e comentou a postura da equipe, que ganhou maior poder de fogo com a entrada de Robson no segundo tempo - o camisa 7 anotou o gol da virada. Vojvoda ainda fez questão de enaltecer o elenco de jogadores.

"Buscamos versatilidade no nosso ataque. Robson nos dá essa potência, essa força no ataque. Matheus Vargas fez uma boa partida, taticamente muito interessante", opinou. "Muito orgulhoso. Eu confio nos meus atletas, sei que classe de atletas tenho porque treino todos os dias com eles e confio plenamente nos 27, 28 atletas que treinam todos os dias", garantiu.