Participamos do

Benevenuto, do Fortaleza, é absolvido de acusação de agressão a ex-namorada

O caso, que foi reportado em 2017, foi encerrado por falta de provas. O Ministério Público não recorrerá
14:57 | Mai. 28, 2021
Autor Gabriel Lopes
Foto do autor
Gabriel Lopes Estagiário de Esportes
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Nesta quinta-feira, 27, o zagueiro Marcelo Benevenuto, do Fortaleza, foi absolvido de acusação de agressão doméstica a ex-namorada pelo 5° Juizado de Violência Doméstica do Rio de Janeiro. O encerramento do caso, relatado em 2017, foi justificado pela falta de provas. O Ministério Público, que denunciou o atleta em 2020, avisou que não recorrerá da decisão. A informação foi divulgada inicialmente pelo Jornal O Globo.

+ Benevenuto defende ser inocente em denúncia por agressão e declara gratidão ao Fortaleza

+ Torcedoras do Fortaleza protestam contra a contratação de Marcelo Benevenuto

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

"Existe dúvida quanto à autoria do delito, não se sabendo ao certo se o fato aconteceu, porque foi impossível a colheita de provas em juízo", disse a juíza Luciana Fiala de Siqueira Carvalho, responsável pelo julgamento. "O contexto probatório é insuficiente para o decreto condenatório, pois, embora haja indícios de que o acusado tivesse praticado o ilícito penal descrito na denúncia, tal circunstância, por si só, é incompatível com a exigibilidade de sentença condenatória", finalizou a magistrada.

Em 2017, quando Benevenuto atuava no Botafogo-RJ, a ex-namorada acusou o atleta de dar um soco no rosto dela após uma discussão, que teria sido motivada por ciúmes. O jogador, por outro lado, negou a agressão e alegou que aconteceu um "ato reflexo", algo que causou o impacto do relógio dele contra o rosto dela.

O zagueiro chegou em 2021 ao Fortaleza, após empréstimo do clube carioca. No Leão, o atleta de 25 anos participou de nove partidas, oito delas como titular.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags