PUBLICIDADE
Fortaleza Esporte Clube
NOTÍCIA

Executivo de futebol do Fortaleza diz que contratação de centroavante é prioridade no mercado

Em coletiva, Sérgio Papellin atualizou sobre as negociações do Tricolor, negou nomes especulados e falou sobre quantidade de jogadores no elenco para 2021

Brenno Rebouças
18:51 | 30/03/2021
Sérgio Papellin, executivo de futebol do Fortaleza (Foto: Reprodução/TV Leão)
Sérgio Papellin, executivo de futebol do Fortaleza (Foto: Reprodução/TV Leão)

Em coletiva concedida nesta terça-feira, 30, o executivo de futebol do Fortaleza, Sérgio Papellin, atualizou a situação do clube no mercado da bola. Segundo o dirigente, a prioridade de contratação no momento é de um centroavante.

“Nós precisamos, urgente, de um camisa 9, homem de área, porque nós só temos, hoje, o Wellington (Paulista) e o Coutinho nessa função. Não é fácil encontrar um camisa 9 goleador é muito difícil no mercado e estamos trabalhando em busca disso. Caso apareça uma oportunidade boa para o clube, a gente vai trazer, nem que tenha que tirar algum jogador do elenco (que já esteja no clube)”, disse Papellin.

O dirigente não citou nenhum nome que seja de interesse do Fortaleza, mas descartou a possibilidade de contratação de Everaldo, ex-Chapecoense, que hoje atua no futebol japonês. No Kashima Antlers, o atleta recebe em dólar e a alta da moeda inviabiliza qualquer negociação com o Leão atualmente.

Ainda sobre atacante, o Leão deve ficar um pouco mais de tempo com Romarinho. A negociação com o futebol japonês está parada e o jogador segue treinando e à disposição de Enderson Moreira, segundo o próprio clube.

Sobre o zagueiro Benevenuto, do Botafogo, Papellin negou a existência de tratativas para a contratação do defensor. "Não tem nenhuma negociação com ele, Marcelo Benevenuto é jogador do Botafogo, inclusive jogou neste fim de semana e por enquanto não tem nada de negociação com o Fortaleza. Se aparecer alguma mudança em um momento que seja bom para o clube a gente vai tentar, mas a princípio ele é jogador do Botafogo", garante.

Apesar da prioridade por um centroavante, o executivo de futebol do Leão não fecha a possibilidade de novos reforços por quantidade, tampouco por posição. O dirigente afirmou que o Fortaleza “vai contratar o que for preciso” e disse ainda que se a comissão técnica avaliar que alguns dos contratados não está rendendo, o clube vai buscar outro que atue no mesmo setor para render.

“Não tem quantidade (definida de atletas para o elenco), enquanto você tem inscrição aberta, você pode trazer qualquer jogador. Por isso eu digo, apareceu oportunidade de mercado, nós vamos trazer. Não tem determinado quantos jogadores vamos trazer, isso depende muito do desempenho do grupo. Então a gente tem que ter paciência e ao final das inscrições vão chegar as peças necessárias", disse.