PUBLICIDADE
Fortaleza Esporte Clube
NOTÍCIA

Para zagueiro Paulão, consistência defensiva será principal arma de recuperação do Fortaleza

Defensor do Leão crê que time pode se recuperar no Brasileirão se seguir com bons números defensivos e melhorar ofensivamente

Iara Costa
20:28 | 04/01/2021
Paulão é o principal zagueiro do Fortaleza no Campeonato Brasileiro, sendo protagonista da equipe (Foto: Aurelio Alves)
Paulão é o principal zagueiro do Fortaleza no Campeonato Brasileiro, sendo protagonista da equipe (Foto: Aurelio Alves)

O Fortaleza começa 2021 na 14ª posição na tabela da Série A. Com 31 pontos, somente três a menos que o Vasco, primeiro time na zona de rebaixamento, o Tricolor do Pici vai em busca do distanciamento da degola diante do Sport na próxima quarta-feira, 6, às 20h30min. Em coletiva cedida nesta segunda-feira, 4, o zagueiro Paulão pontuou QUE um dos ingredientes para que o time não afunde é a consistência defensiva da equipe.

"É muito importante, nessas 11 decisões que vamos ter, ter consistência (defensiva). Acredito que essa situação foi determinante diante do Flamengo. Foi um jogo que sabíamos a dificuldade e essa parte defensiva foi muito boa. Nos próximos jogos, é muito importante não levar gol, pois assim fica mais propício a sair com o resultado positivo", explanou o defensor.

LEIA TAMBÉM > Partidas do Fortaleza são as que menos saem gols no Brasileirão

Outro ponto que, para o jogador, pode ser decisivo, é o psicológico do grupo. "Estar focado e com a mente forte é uma arma forte e traz resultado positivo", falou Paulão. O zagueiro deu ainda como exemplo a postura adotada pela equipe no empate sem gols contra o Flamengo. Diante do Sport, no entanto, o defensor entende que há uma pressão por se tratar de um clássico.

"É uma equipe que mudou o estilo de jogo, há a pressão por ser um clássico regional e pelo momento que a equipe passa, então será um jogo resolvido nos detalhes. Estamos em um momento que não podemos pensar em fartura, mas no resultado positivo", disse. 

LEIA TAMBÉM > Fortaleza confirma 10 jogadores com Covid-19