PUBLICIDADE
Fortaleza Esporte Clube
NOTÍCIA

Garçom da vitória do Fortaleza contra Caucaia, Mariano Vázquez comenta: "Feliz pelo reconhecimento"

Em entrevista coletiva após o jogo, Rogério Ceni elogiou a atuação do meia

20:58 | 29/01/2020
28 de janeiro de 2020, Lances do jogo entre Caucaia x Fortaleza, pelo campeonato cearense 2020, no estadio presidente vargas. Em destaque o atacante Mariano Vázquez. (Foto: JL Rosa/O Povo)
28 de janeiro de 2020, Lances do jogo entre Caucaia x Fortaleza, pelo campeonato cearense 2020, no estadio presidente vargas. Em destaque o atacante Mariano Vázquez. (Foto: JL Rosa/O Povo) (Foto: JL Rosa)

Com uma das melhores atuações em campo na noite da última terça-feira, 28, quando Fortaleza venceu o Caucaia por 1 a 0, pelo Campeonato Cearense, o argentino Mariano Vázquez comentou sobre a partida e sobre a oportunidade de titularidade. “Estava esperando uma oportunidade para jogar de titular. Esse momento chegou e eu estou muito feliz. Fico feliz pelo time, pela vitória que chegou nos acréscimos, que buscamos até o último minuto de jogo”, contou o meia, que atuou em apenas seis partidas pelas Fortaleza em 2019.

Sobre o lance do gol, o atleta falou se disse feliz com o reconhecimento da torcida. “Vi (o lance) hoje pela manhã e lembrava da jogada. O Michel me deu, eu toquei para o meio, eu toquei para o Osvaldo. Ele esperou, e quando eu passei, ele tocou em mim, e eu coloquei no centro para o Cariús”, descreveu. “(Fiquei) Feliz pelo reconhecimento da torcida. Vou seguir trabalhando para fazer mais jogos assim”, garantiu.

Em entrevista coletiva, a dupla foi elogiada pelo técnico Rogério Ceni. "Ele (Cariús) sabe fazer gol. Ele é o jogador mais experiente do Campeonato Cearense, conhece muito do PV. Jogador de área, bom cabeceio, tenho certeza que vai nos ajudar muito e o Mariano, tenho certeza, que fez sua melhor partida com a camisa do Fortaleza", disse o treinador.

+ Fortaleza pressiona o Caucaia até o fim e vence com gol de Edson Cariús

+ Edson Cariús após 1° gol pelo Fortaleza: "me veio na cabeça tudo que passei até chegar aqui"

Já de olho na Sul-Americana, o argentino comentou sobre o Independiente, time conterrâneo, com quem o Leão duela na primeira fase do torneio continental, dia 13 de fevereiro. “O Independiente é uma equipe muito forte, que coloca pressão. Mas nós temos jogadores muito bons, com um estilo de jogo que pode sim fazer a gente ganhar e passar de fase”, projeta.