PUBLICIDADE
Fortaleza Esporte Clube
NOTÍCIA

Marlon é sondado pela Ponte Preta, que estuda possível empréstimo do Fortaleza

Meia tem contrato com o Leão até o fim de 2020, mas cúpula da Macaca vê possível negociação com otimismo

11:26 | 08/01/2020
Apesar de contestado por parte da torcida, Marlon é bastante utilizado pelo técnico Rogério Ceni
Apesar de contestado por parte da torcida, Marlon é bastante utilizado pelo técnico Rogério Ceni (Foto: Bruno Oliveira/Fortaleza EC)

O meia Marlon está na mira da Ponte Preta para a temporada de 2020. O clube de Campinas entrou em contato com o Fortaleza para sondar a situação do jogador, que tem vínculo com o Leão até o fim de 2020. A informação do interesse da Macaca foi antecipada pelo repórter Lucas Rossafa, do site Futebol Interior, e confirmada pelo Esportes O POVO.

O diretor de futebol tricolor, Daniel de Paula Pessoa, confirma que houve uma sondagem, mas fala que ainda não há negociação aberta entre os clubes. Na Ponte Preta, o assunto é tratado com otimismo. Internamente, a cúpula do clube confia na chance de contratar o jogador. A possibilidade de um empréstimo até o fim desta temporada é vista de forma mais viável do que um acerto em definitivo.

Marlon chegou ao Fortaleza em 2018, durante a disputa da Série B. Na época, o Leão pagou cerca de R$ 200 mil para tirar o jogador do Sampaio Corrêa. Desde então, o meia disputou 60 jogos, marcou três gols e conquistou os títulos da Segundona, do Campeonato Cearense e da Copa do Nordeste, além da classificação para a Copa Sul-Americana.

Apesar de ser contestado por parte da torcida tricolor, Marlon é bastante utilizado pelo técnico Rogério Ceni. A preferência do treinador pelo jogador pode ser um fator que dificulte uma possível saída do Leão. Durante esta semana, porém, Kieza deixou o clube para acertar com o Náutico. O atacante era uma das peças que Ceni gostaria de contar para 2020, mas prevaleceu a vontade do atleta de voltar ao Timbu.