PUBLICIDADE
Fortaleza Esporte Clube
NOTÍCIA

Independiente, adversário do Fortaleza na estreia da Sul-Americana, tem grande time e história, mas passa por problemas

O Leão enfrentará o Independiente, da Argentina, maior campeão da história da Libertadores, em sua estreia em competições internacionais

12:12 | 18/12/2019
O atacante Silvio Romero é o atual artilheiro da Superliga Argentina, com nove gols
O atacante Silvio Romero é o atual artilheiro da Superliga Argentina, com nove gols (Foto: Juan Mabromata / AFP)

A sorte foi um pouco questionável com o Fortaleza. Logo em sua estreia em competições internacionais, o Leão do Pici terá pela frente o gigante Independiente, que tem a alcunha “Rey de Copas”, não por acaso. O Rojo é o time com mais títulos da Taça Libertadores, sete. Além disso, a equipe de Avellaneda acumula duas Copas Intercontinentais (atual Mundial de Clubes), duas Copas Sul-Americanas (a última em 2017) e 16 títulos argentinos. Porém, apesar da grandeza, o atual momento não é dos melhores.

O Independiente se encontra na 15ª colocação da Superliga Argentina (24 equipes estão na disputa) e foi eliminado pelo Lanús nas quartas-de-final da Copa da Argentina. Essa eliminação rendeu a saída do treinador Sebastián Beccacece, que deixou o clube em comum acordo com a diretoria. Desde então, o interino Fernando Berón está no comando.

O vice-presidente do clube, Pablo Moyano, havia declarado que o interino permaneceria até o dia 30 de junho. Porém essa fala aconteceu antes das últimas três partidas do Rojo, que acumulou um empate e duas derrotas, as duas em casa, no estádio Libertadores de América. Com isso, alguns nomes estão sendo procurados para substituir Berón, que está no cargo desde 26 de outubro de 2019 e conseguiu duas vitórias, dois empates e duas derrotas.

Hernán Crespo, Pablo Guede, José Pekerman e Jorge Almirón foram treinadores especulados. Porém, o nome que ganha mais força é o de Lucas Pusineri, atual treinador do Deportivo Cali, da Colômbia, e ex-jogador do Independiente, que teve três passagens no clube como atleta.

Imprensa argentina vê "com cuidado" o confronto entre Independiente e Fortaleza

Apesar do momento conturbado, o Rey de Copas possui um elenco forte, com jogadores experientes. O goleiro e capitão uruguaio Martín Campaña, de 30 anos, é titular da equipe desde 2016 e é presença constante nas listas de convocação da seleção uruguaia. Ele esteve presente na Copa do Mundo de 2018 e na Copa América de 2019.

Na defesa, o lateral-direito argentino de 23 anos Fabrício Bustos vem sendo convocado com constância para a seleção argentina, enquanto o lateral-esquerdo uruguaio de 25 anos Gastón Silva representa sua seleção e tem experiência na Europa, atuando pelo Granada, da Espanha, e no Torino, da Itália.

O meio de campo também possui atletas com rodagem no futebol internacional. O chileno de 33 anos Pablo Hernández chegou em 2018 do Celta de Vigo, da Espanha, e já participou de duas Copas América e uma Copa das Confederações com o Chile. Pablo Pérez, de 34 anos, ex-Boca Juniors, e Lucas Romero, de 25, ex-Cruzeiro, são outros meio-campistas com vasta experiência.

Já no ataque, o grande destaque é o argentino de 31 anos Silvio Romero, atual artilheiro da Superliga Argentina, com nove gols marcados.

O Independiente varia seu esquema tático entre 4-2-3-1 e 4-1-4-1, sempre com Romero como homem de referência. Os meias-atacantes Domínguez, Blanco e Benítez costumam se alternar no posicionamento atrás do centroavante. As jogadas do Rojo são criadas em transições rápidas da defesa para o ataque, que contam com passes longos e infiltrações entre as linhas defensivas do adversário.

O confronto entre Independiente e Fortaleza terá dois jogos, o primeiro na Argentina e o segundo no Brasil. Ainda não há definição das datas das partidas. A ida acontecerá entre os dias 4 e 6 de fevereiro ou entre os dias 11 e 13 do mesmo mês. Já a volta está prevista entre os dias 18 e 20 de fevereiro ou entre 25 e 27 do segundo mês de 2020.