PUBLICIDADE
Fortaleza Esporte Clube
NOTÍCIA

Próximo adversário do Fortaleza, Corinthians vive seu pior momento na temporada

Timão não vence há oito jogos no Brasileirão e vive ambiente interno conturbado

Bruno Balacó
13:18 | 04/11/2019
Gustagol, ex-Fortaleza, vem sendo titular no ataque corintiano.
Gustagol, ex-Fortaleza, vem sendo titular no ataque corintiano. (Foto: Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians )

Pressão da torcida, clima tenso entre jogadores e comissão técnica, oito jogos sem vitória e, agora, sem treinador. É assim que o Corinthians inicia a semana, quando se prepara para enfrentar o Fortaleza, na próxima quarta-feira, 6, as 19h30min, na Arena Corinthians, pela 31ª rodada do Brasileirão. Aliado aos maus resultados e queda de rendimento do time, o técnico Fábio Carille vivenciou episódios de desgaste com o elenco nas últimas semanas e acabou demitido após a derrota por 4 a 1 para o Flamengo, domingo passado, no Maracanã. Diante disso, quem comandará o Timão no duelo contra o Tricolor de forma interina deve ser o auxiliar Diego Coelho. Para além dos problemas técnicos, o clima na diretoria também é pesado. No domingo, em coletiva de imprensa após a derrota para o Fla, o presidente do clube, Andrés Sanchez, afirmou que 'mudanças drásticas' serão tomadas na diretoria, dando a entender que haverá mexidas entre a coordenação de futebol e o corpo diretivo da equipe. 

O momento de baixa do time de Parque São Jorge é o pior da temporada. O ano corintiano, até o início do mês passado, apresentava certa regularidade. No primeiro semestre, a campanha do time foi marcada pela conquista do título de campeão paulista, derrotando o São Paulo na decisão. Na Copa do Brasil, o clube caiu nas oitavas de final para o Flamengo e chegou a flertar com o título da Copa Sul-Americana, avançando até a semifinal. Após um início razoável no Brasileirão, o Corinthians ficou no início do returno na 4ª posição e, após oito jogos sem vitórias, o Timão despencou para a 8ª posição. 

Apesar da má fase, o goleiro Cássio - maior ídolo do atual elenco - segue confiante em relação à possibilidade de o Corinthians se classificar para a Libertadores do ano que vem. Mesmo após a goleada por 4 a 1 sofrida para o Flamengo que culminou na demissão de Fábio Carille, o goleiro alvinegro aparentemente acredita que o elenco pode reverter a difícil situação no Campeonato Brasileiro nessas últimas oito rodadas.

“Esse é o novo objetivo. Estamos em um momento que temos que baixar a cabeça e trabalhar forte para sairmos desse momento. Mas, se não almejarmos isso, temos que parar. Nós jogadores podemos tentar fazer melhor, continuar trabalhando, tentar ganhar as partidas. As vitórias que irão ajudar a gente a sair dessa situação. Temos que trabalhar, corrigir os erros para dar sequência no campeonato”, afirmou Cássio.

Com o resultado deste domingo, o Corinthians ficou com 45 pontos e caiu para a oitava colocação na tabela. Ainda assim, o time agora sem treinador definido está a apenas um tento do Internacional, sétimo colocado e último clube a estar momentaneamente classificado para a Libertadores, já que o Athletico-PR, sexto, já tem a vaga assegurada por ter vencido a Copa do Brasil.

“Faltam algumas partidas ainda. Se conseguirmos resultados, conseguiremos a classificação para a Libertadores. Não temos tempo para lamentar. Temos que nos preparar para a próxima partida, ver o que vai acontecer, ver quem será nosso novo treinador. Que possa vir nos ajudar, agregar. Vamos ver o que podemos melhorar em prol do Corinthians”, completou. (com informações da Gazeta Esportiva)

Você também pode gostar: