PUBLICIDADE
Fortaleza Esporte Clube
NOTÍCIA

Presidente do Fortaleza espera público de "no mínimo 40 mil pessoas" diante do Atlético-MG

Dirigente tricolor espera grande público no duelo contra o Galo, neste sábado, na Arena Castelão

Bruno Balacó
17:44 | 01/11/2019
Diretoria espera casa cheia no duelo deste sábado, na Arena Castelão.
Diretoria espera casa cheia no duelo deste sábado, na Arena Castelão. (Foto: TATIANA FORTES )

Levar, pela 4ª vez neste Brasileirão, um público de 40 mil pessoas ao Castelão. É com isso que sonha o presidente do Fortaleza, Marcelo Paz, quando fala do jogo contra o Atlético-MG. Ao falar sobre a expectativa de público para o  duelo deste sábado, o dirigente ressaltou que o torcedor tem motivos de sobra para comparecer de peso, uma vez que o time vem embalado por uma grande vitória fora de casa por 3 a 1 para o Avaí, está na zona de classificação da Copa Sul-Americana, em 12° lugar. Destacou também que se trata de um confronto direto, de duas equipes que estão empatadas na tabela, com 35 pontos. 

"Jogo importantíssimo. Quero que o estádio esteja lotado. Conseguimos uma pontuação boa, estamos com 35 pontos. Pegamos o Atlético-MG, que é um gigante do futebol brasileiro, com um saldo de gols na frente deles. A gente sabe que o fator casa pesa ao nosso favor. Amanhã (sábado) espero, no mínimo, 40 mil pessoas diante do Atlético-MG, pela pontuação que a gente obteve, saímos para dois jogos fora de casa e voltamos com quatro pontos. Precisamos de casa cheia para empurrar esses jogadores que estão se dedicando para buscar o resultado positivo", afirmou Marcelo Paz, em coletiva de imprensa nesta sexta-feira, 1°.  

Com média de público 26.335 torcedores na Série A 2019, o Fortaleza registrou seus três melhores públicos nos duelos contra Flamengo (49.101 pagantes), São Paulo (41.975 pagantes) e Corinthians (40.452 pagantes).  

Fortaleza e Atlético-MG se enfrentam neste sábado, em jogo marcado para as 17h, na Arena Castelão. O duelo é válido pela 30ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro. 

PARA ASSISTIR: Na Prancheta analisa a sequência de jogos finais de Ceará e Fortaleza no Brasileirão: