PUBLICIDADE
Fortaleza Esporte Clube
NOTÍCIA

"Don Juan" da bola, Wellington Paulista pode cumprir lei do ex mais 3 vezes neste Brasileirão

Dos 11 gols do artilheiro do Fortaleza no campeonato, cinco foram marcados em equipes por onde ele já passou

19:27 | 27/10/2019
Wellington Paulista já atuou em sete das 20 equipes da Série A
Wellington Paulista já atuou em sete das 20 equipes da Série A (Foto: JÚLIO CAESAR / O POVO)

No jargão do futebol, diz-se que a única lei que nunca falha é a “lei do ex”.
Incorrigivelmente, o jogador que enfrenta um clube por onde já passou vai marcar gol, de uma forma ou de outra. Bem, a suposta efetividade dessa lei pode ser questionada de muitas maneiras. Mas o fato é que, neste Brasileirão, poucos jogadores andam legislando seus adversários tão bem quanto Wellington Paulista.

Centroavante do Fortaleza, WP9 já passou por 16 equipes em 16 anos de carreira profissional. Dos clubes que hoje estão na Série A, o atleta já atuou em nada mais, nada menos, do que sete, mais de um terço do campeonato inteiro: Botafogo, Chapecoense, Fluminense, Cruzeiro, Internacional, Santos e Palmeiras. Na Justiça do futebol, a lei do ex já condenou três dessas equipes a levarem gol do atacante tricolor no campeonato.

Os primeiros tentos foram diante do Santos, quando Wellington marcou dois no empate em 3 a 3, na Vila Belmiro. A próxima vítima seria a Chapecoense, que também levou um doblete do seu ex-jogador. Na 28ª rodada, o gol mais recente: quando perdia de 1 a 0 para o Cruzeiro no Mineirão, o Fortaleza empatou com WP9 nos minutos finais da partida.

Das equipes que não vai mais enfrentar neste Brasileirão, o atacante só passou em branco contra o Botafogo e o Palmeiras. Fluminense, Internacional e Santos ainda jogam contra o Leão até o fim do campeonato e, quem sabe, podem ser as próximas vítimas do “Don Juan da bola” que é Wellington Paulista. Os confrontos serão fora de casa e, como visitante, o camisa 9 já marcou cinco gols.

Você pode questionar se a lei do ex realmente existe ou não. Mas o fato é que as partidas contra os clubes por onde já passou realmente contribuíram para que WP9 assumisse a artilharia do Fortaleza no Brasileirão. Dos seus 11 gols, cinco (praticamente a metade) foram marcados contra seus ex clubes.

Caso mantenha a sina goleadora, Wellington Paulista pode superar um recorde do Fortaleza na Série A de pontos corridos que já dura há 14 anos. Em 2005, Rinaldo marcou 16 vezes e se tornou o maior artilheiro do Leão na elite do futebol brasileiro em todos os formatos. Faltam mais dez jogos para que o artilheiro atual iguale essa marca. Ele já parece ter dado o primeiro passo, fazendo os mesmos 11 gols do Homem-Raio em 2006.

O próximo adversário do Fortaleza no Brasileirão é o Avaí, em confronto direto na luta contra o rebaixamento. As equipes se enfrentam na quarta, 30, às 19h30, na Ressacada. Wellington Paulista já teve passagens pelo futebol catarinense, mas nunca atuou pelo time de Florianópolis. Ainda assim, a atuação do atacante tem que continuar sendo decisivo para que o Leão busque a vitória e garanta mais tranquilidade na tabela do Brasileirão.