PUBLICIDADE
Fortaleza Esporte Clube
NOTÍCIA

Fortaleza desperdiça muitas chances e perde em casa por 1 a 0 para o Fluminense

Leão do Pici perdeu oportunidades de matar o jogo ainda no primeiro tempo. Com a derrota, Tricolor cai para 13ª colocação na tabela.

18:59 | 07/09/2019
EM CASA, Fortaleza dá vexame e perde para o fraco Fluminense que não vencia a três partidas no Brasileiro
EM CASA, Fortaleza dá vexame e perde para o fraco Fluminense que não vencia a três partidas no Brasileiro (Foto: Fábio Lima / O POVO)

Em noite inspirada do goleiro do Fluminense Muriel, o Fortaleza perdeu para o Tricolor das Laranjeiras, em partida válida pela 18ª rodada do Campeonato Brasileiro. O duelo de tricolores para se distanciar da ponta debaixo de tabela acabou com a vitória por 1 a 0 para o Fluminense. Com a derrota, o Leão, com 21 pontos, cai para a 13ª posição. Já o Fluminense, com os três pontos, foi a 15, subiu uma colocação, mas segue na zona de rebaixamento, na 17ª posição. 

Na Arena Castelão, o primeiro tempo foi movimentado, com grandes chances para ambos os lados, e Muriel e Felipe Alves bastante acionados. O empate  sem gols se desenhava até os 40 minutos da segunda etapa e deixou a partida insossa. Até que João Pedro decidiu para o Tricolor visitante.

Fortaleza já começou em ritmo frenético, obrigando o goleiro Muriel a praticar os bons reflexos. Antes dos quatro minutos, o Fortaleza chegou com perigo duas vezes. Na primeira, depois de escanteio, Tinga recebeu na direita e cruzou para a área. Wellington Paulista cabeceou e Muriel defendeu à queima-roupa. Em no escanteio, a bola resvalou em Gabriel Dias, e novamente Muriel teve de se virar para espalmar e afastar perigo.

Antes mesmo dos 15 minutos, o Fortaleza já havia finalizado sete vezes - contra penas uma do Fluminense. Mas, sem conseguir converter o último toque em gol, o Leão abriu espaço para o Tricolor das Laranjeiras. Pelos pés de Wellington Nem, aos 21, Felipe Alves fez sua primeira boa defesa. Aos 26, Nenê, arriscou de primeira, buscando o canto esquerdo do gol. O arqueiro tricolor só observou. Aos 34, O Fluminense chegou de novo, mais uma vez com Wellington Nem, que finalizou na grande área.

O Leão teve um gol anulado. Aos 40 minutos, em cobrança de falta, o ataque se posicionou a frente da linha da bola. Juninho cobrou, Jackson cabeceou, Muriel deu rebote; Wellington Paulista aproveitou e mandou pras redes. Mas o tento foi irregular.

O primeiro tempo terminou com Fluminense com mais posse de bola, 53% a 47%, para o Leão. Já nas finalizações, foram dez para Fortaleza e cinco para para o visitante.

Precisando voltar mais incisivo na segunda etapa para aproveitar as boas oportunidades, o Fortaleza, no entanto, amornou a partida. O jogo recomeçou com as duas equipes menso agudas. Aos 10 minutos, Zé Ricardo sacou Juninho e André Luís, e colocou Osvaldo e Romarinho, buscando dar mais velocidade ao time.  

Aos 17 minutos, o recém entrado Osvaldo participou do primeiro lance de perigo. Wellington paulista rolou para Osvaldo, que bateu forte, mas Muriel deu rebote. Na sobra, Tinga chutou em cima da marcação. Aos 24, Romarinho fez boa jogada, passou de dois marcadores, e chutou para defesa de Muriel.

Mesmo sem perigo, o Fluminense passou a dominar a posse de bola e pressionar o Leão a ficar no campo de defesa.  Aos 40 minutos, João  Pedro aproveitou bola que sobrou na grande e empurrou para o gol.  Gabriel Dias ainda cabeceou na tentativa do empate, mas Muriel, em noite inspirada, salvou mais uma vez. Yone quase ampliou, chutando no travessão. João Pedro voltou a marcar no último minuto, mas o gol foi anulado.

O Fluminense volta a campo contra o Corinthians, no Macé Garrinha, domingo, 15, às 16 horas. Já o Fortaleza, também no domingo, às 16 horas, vai ao Fonte nova enfrentar o Bahia.