PUBLICIDADE
Fortaleza Esporte Clube
NOTÍCIA

Fortaleza lança campanha contra manifestações homofóbicas nos estádios

Vídeo institucional alerta para a perda de pontos na Série A em caso de cânticos ou gritos discriminatórios partirem da arquibancada

Brenno Rebouças
21:42 | 29/08/2019
Fortaleza lançou campanha para pedir o fim das manifestações homofóbicas nos estádios
Fortaleza lançou campanha para pedir o fim das manifestações homofóbicas nos estádios (Foto: Fortaleza/Divulgação )

O Fortaleza foi o primeiro clube cearense a lançar campanha contra cânticos e gritos homofóbicos nos estádios. Com um vídeo divulgado nas redes sociais na noite desta quinta-feira, 29, o Tricolor alerta para a possibilidade de perda de pontos no Campeonato Brasileiro da Série A devido a comportamento homofóbico da torcida.

Além do prejuízo na classificação, o clube alerta para as situações de ódio geradas pelo preconceito e ilustra isso com imagens e a estatística de que um LGBT é morto a cada 23 horas no Brasil devido homofobia. Mesmo com a reflexão, o vídeo termina pedindo para que, se tudo tudo isso não for suficiente, o torcedor deixe pare as manifestações preconceituosas de lado pensando nos três pontos que podem ser retirados do Fortaleza.

Com a legenda “Por que gritar pelo ódio se é melhor cantar pelo amor?” e a hashtag #SomosPlurais, o vídeo alcançou mais de 3 mil visualizações somente no Twitter minutos após ser lançado.

Há dois dias, O POVO trouxe matéria explicando as práticas de coibição de manifestações discriminatórias nos estádios que podem gerar até perda de pontos para as equipes. Na ocasião, Fortaleza já havia se comprometido a lançar uma campanha sobre o assunto.