PUBLICIDADE
Clube de Regatas Flamengo
NOTÍCIA

Técnico Domènec Torrent, presidente e 16 jogadores do Flamengo testaram positivo para a Covid-19

Antes dos casos desta quarta-feira, o Flamengo já trabalhava para buscar o adiamento da partida contra o Palmeiras-SP, que está agendada para este domingo

21:35 | 23/09/2020
Novos testes foram feitos com os integrantes do Flamengo nesta quarta-feira. O técnico Domènec Torrent testou positivo (Foto: Alexandre Vidal/Flamengo)
Novos testes foram feitos com os integrantes do Flamengo nesta quarta-feira. O técnico Domènec Torrent testou positivo (Foto: Alexandre Vidal/Flamengo)

Com a delegação de volta do Equador, onde o rubro-negro venceu o Barcelona-EQU por 2 a 1 pela Libertadores, o Flamengo registrou novos casos de Covid-19 no clube. O técnico Domènec Torrent, o presidente Rodolfo Landim, o vice-presidente de futebol Marcos Braz e mais 24 pessoas ligadas ao clube estão infectadas, segundo informações do GE do Rio de Janeiro.

O clube testou jogadores, funcionários e dirigentes que viajaram para a partida da Copa Libertadores diante do Barcelona-EQU. No elenco, foram oito novos testes positivos: Léo Pereira, Thuler e Rodrigo Caio, o lateral-esquerdo Renê, os volantes Willian Arão e João Gomes, o meia Everton Ribeiro e o goleiro Gabriel Batista.

No total são 16 jogadores infectados. Destes, seis foram titulares na competição continental. Além dos jogadores, o técnico catalão, o presidente Landim, o vice-presidente de futebol Marcos Braz, o membro do conselho de futebol Dekko Roismann mais cinco casos de membros da comissão técnica não identificados deram positivo. O clube irá aguardar a contraprova dos testes para se pronunciar oficialmente.

Antes dos casos desta quarta-feira, o Flamengo já trabalhava para buscar o adiamento da partida contra o Palmeiras-SP, que está agendada para este domingo, às 16 horas (de Fortaleza). Por outro lado, o Palmeiras já se posicionou contra o adiamento da partida, em publicação assinada pelo presidente Maurício Galiotte nas redes sociais do clube.

No Equador, o Fla ficou sem Isla, Filipe Luís, Diego, Bruno Henrique, Michael, Matheuzinho e Vitinho (todos com Covid-19), além de Gabigol, Diego Alves e Pedro Rocha (contundidos) e Gustavo Henrique (suspenso).

Com informações da Gazeta Esportiva