Kobayashi analisa derrota do Ferroviário e pede mudanças no calendário da equipe

Enfrentando uma sequência de dois jogos fora de casa, o Tubarão terá uma logística difícil pela frente

Após perder na Série C, diante do líder Volta Redonda, o Ferroviário voltou a se aproximar do Z-4, se estabelecendo na 15ª posição na tabela, com apenas um ponto de distância para a zona de rebaixamento.

Em entrevista coletiva pós-jogo, o técnico Paulinho Kobayashi reconheceu a atuação negativa do Tubarão da Barra frente ao adversário e falou sobre a necessidade de uma rápida recuperação para os próximos compromissos.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

“Nós ficamos chateados, principalmente pelo fato de jogarmos em casa, onde é um lugar que estamos acostumados a vencer. Infelizmente nós não conseguimos fazer gols e envolver o adversário, mas temos que tirar isso como lição para os próximos jogos”, disse Koba.

“Nós perdemos pontos dentro de casa e temos que buscar fora. O que não podemos é achar que já está bom, temos que melhorar e corrigir erros”, completou.

Agora, a equipe tricolor entra em campo somente na próxima semana. Na quarta-feira, 17, o Tubarão viaja até o Rio Grande do Sul para enfrentar o Ypiranga no estádio olímpico Colosso da Lagoa. Após a partida, o time retornará ao Nordeste para enfrentar o Confiança no sábado, 20, no estádio Batistão, em Aracaju.

Ainda em entrevista coletiva, Kobayashi chamou atenção da diretoria do clube e da Federação Cearense de Futebol (FCF) para transferir a partida contra o Confiança de sábado, 20, para segunda-feira, 22, visando evitar ó desgaste físico do plantel. 

“Para nós, esse jogo é um desgaste muito grande. Vamos viajar por praticamente 18 horas para poder jogar depois de um jogo à noite. Então acredito que se a nossa diretoria e a Federação Cearense de Futebol (FCF) conseguissem mudar o jogo para segunda-feira, 22, ajudaria mais no descanso porque é um jogo importantíssimo para nós”, declarou o comandante coral.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Os cookies nos ajudam a administrar este site. Ao usar nosso site, você concorda com nosso uso de cookies. Política de privacidade

Aceitar