PUBLICIDADE
Cearenses
NOTÍCIA

FCF vai aguardar clubes solicitarem os testes de coronavírus prometidos

Com partidas contadas, alguns clubes não pensam em voltar imediatamente. Em tese, são 50 dias para treinamentos

Brenno Rebouças
21:43 | 31/05/2020
Sede da Federação Cearense de Futebol  (Foto: Brenno Rebouças/O POVO)
Sede da Federação Cearense de Futebol (Foto: Brenno Rebouças/O POVO)

Os testes do coronavírus que a Federação Cearense de Futebol prometeu aos clubes sem calendário nacional que ainda disputam o Estadual só vão ser executados quando os dirigentes deles solicitarem. Ciente que as equipes devem empurrar um pouco mais para frente o retorno às atividades, por terem no máximo dois jogos a fazer, a entidade vai aguardar solicitação dos exames. Vacinação da H1N1 está inclusa. 

Com exceção do Atlético-CE, que ainda tem chances de classificação para as semifinais do Campeonato Cearense, os demais clubes entendem que não vão precisar de tantos dias para treinar (são 50, em tese, baseado no plano de retomada econômica do Governo do Estado). O Pacajus, por exemplo, pensa em treinar apenas 15 dias antes de seu único jogo, portanto não faz sentido realizar os exames agora.

Por isso, na primeira semana de junho, a mentora do futebol cearense vai “arrumar as casas” dos quatro clubes. O presidente da entidade, Mauro Carmélio, e o médico Henrique Bastos vão trabalhar em cima dos dados coletados de cada equipe, em termos de estrutura, para passar orientações e também definições quantos aos exames que serão oferecidos aos clubes (de que maneira proceder), quando solicitados.

A FCF programou para quinta-feira, 4, uma reunião com os quatro clubes junto com Ferroviário e Guarany de Sobral para entregar oficialmente o protocolo desenvolvido pela entidade.