PUBLICIDADE
Cearenses
NOTÍCIA

Ferroviário inaugura memorial de troféus e peças históricas na sede do clube

Espaço resgata a história de mais de 80 anos do Ferrão, destacando os ídolos e times memoráveis.

Bruno Balacó
15:52 | 19/12/2019
Fortaleza, CE BR - 18.12.19 Estação Cultural Ferroviario Atlético Clube (Foto: Fco Fontenele/O POVO)
Fortaleza, CE BR - 18.12.19 Estação Cultural Ferroviario Atlético Clube (Foto: Fco Fontenele/O POVO) (Foto: FCO FONTENELE)

A memória pediu passagem no Ferrão. O time coral acaba de instalar em sua sede um mini museu, batizado pelo clube de Estação Cultural Ferroviário Atlético Clube. O espaço funciona ao lado da sala de imprensa, na Vila Olímpica Elzir Cabral (Rua Filó, Nº 650, na Barra do Ceará).  

No local, o torcedor tem acesso a uma galeria dos principais troféus do clube, com destaque para as três conquistas mais recentes, como a do Brasileiro da Série D de 2018, Taça dos Campeões Cearenses de 2019 e Taça Fares Lopes 2018, além de troféus mais tradicionais, como o do bicampeonato cearense de 1995. Outra peça que chama atenção é o busto de ouro de Valdemar Caracas, que fundou o Ferroviário, em 1933.

Além de troféus, a Estação Cultural conta com faixas de times campeões, camisas histórias, além de dois painéis de fotos históricas, um deles destacando ídolos e jogos memoráveis, outro com uma linha do tempo das formações dos times ao longo das décadas.

O espaço conta ainda com uma ala reservada a Mário Jardel, cria do Ferrão, com acervo de chuteiras de ouro e prata, além de outras premiações individuais que o ex-atacante colheu em sua passagem vitoriosa pelo futebol europeu. Outras duas peças também chamam atenção são as pegadas de dois dois ídolos do Ferrão: atacante Edson Cariús (artilheiro do time em 2018) e do ex-atacante Pacoti (um dos maiores artilheiros da história do clube). 

VISITAÇÃO

Por enquanto, o torcedor precisa aguardar um pouco para conhecer de perto a Estação Cultural. Isso porque a diretoria ainda está definindo como será a visitação do espaço. A curadoria do espaço foi capitaneada pelo diretor de patrimônio do clube, Airton Oliveira, com apoio de conselheiros e diretores do Ferrão.

O Esportes O POVO esteve na sede do Ferrão e visitou o Estação Cultural do Ferroviário. Confira: