PUBLICIDADE
Cearenses
NOTÍCIA

Adversário do Ferroviário na Série C, Treze vive crise interna

Lanterna da competição, clube vive com salários atrasados e demitiu recentemente auxiliar que ocupava cargo de técnico

18:21 | 10/08/2019
O Esporte Interativo transmitiu a decisão da Série D entre Ferroviário e Treze
O Esporte Interativo transmitiu a decisão da Série D entre Ferroviário e Treze(Foto: Julio Caesar)

O Ferroviário tem mais uma chance para se recuperar da má fase nesse domingo, 11, em Campina Grande (PB). E, levando em conta o momento do adversário, a chance é das boas. O Treze-PB é o lanterna da Série C 2019, mudou de técnico recentemente e vive crise financeira.

Em 15 jogos, o Treze somou apenas 12 pontos. Nos últimos cinco jogos, foram quatro derrotas e apenas uma vitória. O time paraibano pode, inclusive, ser rebaixado matematicamente já nesta rodada. Basta que perca e o Globo-RN vença o Botafogo-PB, em partida realizada às 19h15min deste sábado, em Natal (RN). Nem mesmo se vencer o Ferrão, o Treze sai da zona do rebaixamento.

O jogo contra o Ferroviário marca a estreia do técnico Celso Teixeira, anunciado na última quinta-feira, 8. Nas últimas quatro rodadas, o Treze foi comandado pelo auxiliar técnico efetivado Kleber Romero. Celso, que havia anunciado aposentadoria em junho passado, é o quarto técnico do clube na Série C. Romero, inclusive, deixou o clube na semana. “Agora eu vou aguardar que o clube pague alguns valores que estão pendentes comigo e na próxima segunda-feira eu devo voltar para o meu estado”, disparou o auxiliar ao Globo Esporte PB. Também deixou a equipe um outro auxiliar, Adelmo Santos

Problemas financeiros têm marcado a campanha do Treze nesta Série C. Conforme a imprensa paraibana, o clube amarga dois meses de salários atrasados. De acordo com o repórter Bruno Rafael, setorista do Treze na rádio CBN Paraíba, o clube pagou 70% do salário dos jogadores referente ao mês de junho antes do último jogo, contra o Sampaio Corrêa-MA, no último domingo, 4.

No último treino antes da partida, Celso Teixeira escalou o Treze com: Paulo Wanzeler, Edy, Adriano Alves, Breno Calixto e Silva; Robson, Elielton, Bismarck, Marcelinho Paraíba e Dija Baiano; Eduardo.

O Tubarão

Na manhã de ontem, o Ferroviário realizou o último treino antes do jogo, no estádio Amigão. Conforme a assessoria de imprensa do clube, o time realizou treino físico. O técnico Marcelo Veiga focou no posicionamento suas conversas com o atletas. O trabalho foi concluído com treinamentos de cruzamento na área e cobranças de falta. Em seguida, os jogadores fizeram um rachão.

São apenas dois desfalques no Tubarão. Suspenso pelo terceiro cartão amarelo, o volante Leanderson deve ser substituído por Gleidson. A outra ausência é do zagueiro Afonso, que é submetido a tratamento em Fortaleza para tratar de uma fissura no osso do pé direito. Na última partida, a derrota

O Povo