PUBLICIDADE
Cearenses
NOTÍCIA

Mulher armada impede que torcedores do Fortaleza agridam homens com camisa do Ceará

Gravação foi feita por morador da região e divulgada em redes sociais. Caso ocorreu na avenida Dedé Brasil, em Fortaleza

12:14 | 04/08/2019
Mulher impede agressão entre torcedores
Mulher impede agressão entre torcedores(Foto: Reprodução)

Uma mulher armada, se identificando como policial, impediu que um grupo de torcedores do Fortaleza agredisse dois homens vestidos com a camisa do Ceará. Conforme O POVO Online apurou com comerciantes da região, o caso ocorreu na avenida Silas Munguba, no bairro Itaperi, pouco antes do jogo começar, na Arena Castelão. 

Nas imagens, o grupo de torcedores caminha em direção ao local do jogo. Quando alguns deles avistam um motociclista com a camisa alvinegra, derrubam o homem e começam a agredi-lo. Outra pessoa, que estava na garupa da motocicleta, também é alvo do ataque. É possível ver, inclusive, um torcedor tentando furtar pertences nos bolsos do passageiro. Cerca de 20 pessoas se envolvem nas agressões.

A mulher intervém quando os ataques se concentram no condutor da motocicleta. Ela dispara três vezes para o alto e avança em direção ao grupo de agressores, que foge. "Eu sou 'polícia", eu sou 'polícia'", repete a mulher com arma em punho.

Depois que as agressões cessam, ainda há três estampidos, mas não é possível identificar pela gravação se foram feitos pela suposta policial.

O POVO Online procurou a assessoria de imprensa da Polícia Militar do Ceará (PMCE). Em nota, a corporação informou que não há registro sobre o caso na Coordenadoria Integrada de Operações de Segurança (Ciops) e que não foi possível identificar a mulher como sendo uma policial militar.

Confira o vídeo: 

Polícia Civil nega

A Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE) informa que não houve nenhum registro acerca de disparo de arma de fogo nas unidades plantonistas, próximas à Arena Castelão, no último sábado, 3. As unidades do 13º e 16º Distritos Policiais, além do posto avançado dentro do estádio, ficaram responsáveis pelo atendimento das ocorrências nos arredores da praça esportiva.

Redação O POVO Online