Termo de Uso Política de Privacidade Política de Cookies Conheça O POVO Trabalhe Conosco Fale com a gente Assine Ombudsman
Participamos do

Tiago Nunes fala da pressão por vencer: "é natural para quem tem uma torcida apaixonada"

O Ceará encerrou um jejum de seis jogos sem triunfos na Série A e também conquistou a primeira vitória com o novo treinador
21:21 | Set. 25, 2021
Autor Horácio Neto
Foto do autor
Horácio Neto Jornal
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

O Ceará bateu a Chapecoense por 1 a 0, neste sábado, 25, na Arena Castelão, em jogo válido pela 22ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com a vitória, o Vovô encerrou a sequência de seis jogos sem vencer na Série A. O técnico Tiago Nunes, em entrevista coletiva pós-jogo, falou sobre a pressão por triunfos e do cuidado com o lado emocional dos jogadores.

“É apenas a minha terceira partida à frente do Ceará, então é pouco tempo ainda, pouca amostragem de jogos. Sabemos que a equipe vinha muito pressionada por estar há seis jogos sem vencer, então isso é uma pressão natural para quem tem uma torcida apaixonada como é a do Ceará. Então o aspecto agora também é emocional. Porque muitas vezes você chega perto do gol, perto do goleiro e acaba errando finalizações que, em teoria, são mais fáceis por um aspecto emocional, pela pressão, pelo resultado, pela necessidade de estar bem. A gente vai jogo a jogo evoluindo nesse quesito”, relatou o comandante do Vovô.

Ainda sobre o confronto, Tiago destacou a evolução na produção ofensiva do ataque do Ceará. O Alvinegro vinha de três partidas sem balançar as redes e encerrou o jejum de gols diante da Chape. O treinador do Vovô disse estar feliz com o que foi apresentado e usou os números da partida para exemplificar o empenho ofensivo.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

“A equipe vem apresentando jogo a jogo boas características, principalmente o que tange na parte ofensiva. Hoje tivemos um número bastante significativo de finalizações. A nossa comissão técnica contabilizou 24 finalizações, oito ao gol, em torno de 10 chances criadas. Então, esse volume de oportunidades que a gente desenvolveu, me agrada. Mostra uma evolução na equipe neste quesito. O quanto a equipe competiu, lutou, foi valente todo tempo, duelou com um adversário duro, que vendeu muito caro a nossa vitória. Então temos que valorizar vários aspectos, mas em específico, essa questão da competividade dos atletas e a evolução aspecto ofensivo com várias oportunidades criadas”, afirmou Tiago Nunes.

Após voltar a vencer e chegar aos 28 pontos, o Ceará terá a semana livre para a preparação antes do próximo confronto na Série A. O adversário da vez é o Bahia, na Arena Fonte Nova, no sábado, 2, às 19 horas, pela 23ª rodada do Brasileirão.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags