Participamos do

Lima alerta para estado do gramado do Castelão ao falar sobre desempenho do Ceará como mandante

"Não é desculpa pelas derrotas, mas uma alerta que complica nosso estilo de jogo", acentuou o meia do Vovô em coletiva cedida nesta segunda-feira, 18
20:15 | Jan. 18, 2021
Autor Iara Costa
Foto do autor
Iara Costa Repórter do caderno de Esportes
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Em um jogo marcado por penalidades, o Ceará saiu do Castelão com mais uma derrota, dessa vez diante do Bragantino, no último domingo, 17.Com o revés, o time chegou ao seu quinto jogo derrotado como mandante em 15 partidas disputadas em solo alencarino. Em coletiva cedida nesta segunda-feira, 18, o meia Lima, autor do único gol do Vovô no jogo, pontuou que a equipe entende que precisa melhorar o desempenho local, mas alertou para o estado do gramado da Arena. 

"Temos que manter tranquilidade e seguir. No Castelão, é complicado (jogar) se comparado a outros estádios, pois o campo é irregular, no meu ponto de vista. Dificulta para a gente. Creio que tenha que ajeitar o gramado. Não é desculpa pelas derrotas, mas uma alerta que complica nosso estilo de jogo, mas temos que pular essas barreiras para conquistar os jogos dentro de casa", destacou o jogador.

LEIA TAMBÉM > Ceará coloca ginásio do clube à disposição para vacinação da Covid-19

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Apesar da reclamação quanto ao gramado, Lima entende que o time precisa melhorar o desempenho em casa, mas ressalta que a situação é minimizada pelos embates disputados fora. 

"Jogos em casa são complicados. Como mandantes não conseguimos vencer, mas conseguimos pontuar fora de casa. É o mais difícil. Seria complicado se não tivéssemos pontuando fora. Espero que no próximo jogo em casa, contra o Palmeiras, a gente conquiste a vitória como mandante", disse.

O próximo adversário do Ceará é o Goiás. As equipes se enfrentam na próxima quinta-feira, 21, às 19 horas, em um duelo que, para o jogador, deve ser bastante complicado. "Eles estão em uma situação complicada, querendo pontuar de qualquer jeito e o jogo será difícil. Creio que eles vão vir pra cima. Temos que ir para o jogo bem alertas e bem focados. Teremos dia para descansar e ir para Goiânia buscar a vitória", relatou.

LEIA TAMBÉM > Sem Bruno Pacheco, Ceará se prepara para enfrentar o Goiás

Leia outros pontos da coletiva de Lima, meia do Ceará:

Estilo de jogo: "Já conversamos, eu e Guto, que não tenho problema em jogar em nenhum dos lados do campo. Às vezes há essa troca com Léo Chu. Creio que estamos bem liberados para fazer essa troca. Com o Guto não há problema. Estou no crescimento, venho trabalhando firme. Sabia que minha hora chegaria. Estou ajudando ao máximo".

Cobrança de pênalti: "Venho cobrando (pênalti) nos treinamentos. Não tenho problema de bater. Temos o Vina como batedor e ele já fez grandes gols batendo pênalti, errou uma ou duas, mas faz parte. Ele tem a confiança do grupo. Conversamos numa boa, temos uma boa relação, e ele optou por mim bater. Graças a Deus fui bem, infelizmente veio a derrota".

 

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags