PUBLICIDADE
Ceará Sporting Club
NOTÍCIA

Justiça do Trabalho determina que Alex Amado seja reintegrado ao Ceará

Liminar foi expedida pela 8ª Vara do Trabalho de Fortaleza em 12 de janeiro. O contrato dele com o Ceará se encerrou em 28 de fevereiro do ano passado

Victor Hugo Pinheiro
14:31 | 15/01/2021
Última partida de Alex Amado pelo Ceará foi em junho de 2017 (Foto: Rodrigo Carvalho/O POVO em 18.02.2016)
Última partida de Alex Amado pelo Ceará foi em junho de 2017 (Foto: Rodrigo Carvalho/O POVO em 18.02.2016)

O atacante Alex Amado terá que ser reintegrado ao elenco do Ceará. Em decisão tomada pela 8ª Vara do Trabalho de Fortaleza, proferida pelo juiz Antonio Celio Martins Timbo em 12 de janeiro, o jogador conseguiu, em primeira instância, voltar para o Ceará até estar apto para voltar a jogar. A determinação é em caráter liminar, visto que a causa ainda será julgada. O POVO apurou que o departamento jurídico do Alvinegro vai entrar com recurso para suspender a decisão.

Alex Amado alega no processo que lesionou os dois joelhos enquanto estava vinculado ao Ceará. A argumentação de sua defesa é de que a situação se enquadra em acidente de trabalho. Com isso, não poderia ter o contrato com o Ceará terminado sem estar totalmente recuperado.

O Alvinegro argumenta que a lesão diagnosticada após o fim do contrato de Alex Amado é um novo problema físico, não tendo relação com a contusão tratada enquanto estava vinculado ao Vovô

LEIA MAIS - Alex Amado aciona Ceará judicialmente para ser reintegrado ao time

O jogador está afastado dos gramados desde junho de 2017, quando disputou a última partida pelo Alvinegro na Série B. Desde então, Alex Amado sofreu lesões nos joelhos, no músculo adutor e na tíbia da perna esquerda e teria realizado até cinco cirurgias. Neste período, a diretoria do Vovô renovou com o jogador por duas vezes.

Segundo dados do portal OGol, Alex Amado fez 68 jogos com a camisa do Ceará, entre 2015 e o começo de 2020, não tendo atuado nos últimos três anos. Ele foi emprestado ao Bandrmaspor, da Turquia, entre 2016 e 2017, retornando em seis meses. Ao todo, ele marcou cinco gols pelo Vovô.

Com informações do repórter Lucas Mota