PUBLICIDADE
Ceará Sporting Club
NOTÍCIA

"Estou com mais confiança, feliz com o meu momento", diz Léo Chú, do Ceará

O atacante marcou dois gols nos últimos quatro jogos que participou com a camisa alvinegra

Gabriel Lopes
16:49 | 15/12/2020
Léo Chu jogou apenas um dos seis clássicos contra o Fortaleza em 2020 (Foto: Aurelio Alves)
Léo Chu jogou apenas um dos seis clássicos contra o Fortaleza em 2020 (Foto: Aurelio Alves)

Léo Chú vem ganhando espaço no Ceará. O atacante de 20 anos, que chegou nesta temporada por empréstimo junto ao Grêmio-RS, participou dos últimos 15 jogos do Vovô, 13 deles como titular. Nos últimos quatro compromissos, balançou as redes duas vezes. Além disso, o ponta vem contribuindo com assistências e mostra movimentação importante durante os jogos, trazendo dribles e tabelas rápidas ao time. Em entrevista coletiva guiada concedida nesta terça-feira, 15, ele falou sobre o momento atual com a camisa alvinegra.

“Desde o primeiro instante que cheguei aqui, sempre me senti à vontade. Agora estou com mais confiança, feliz com o meu momento. Vou seguir trabalhando para melhorar nas próximas rodadas”, disse.

Léo Chú costuma atuar pelo lado esquerdo do campo. Contudo, o treinador Guto Ferreira vem fazendo testes e colocando o jogador também para treinar pela direita. Para ele, a chave para a adaptação está na proximidade com o técnico.

“Treinar pelo lado direito é algo que o Guto vem me pedindo muito, pois atacante tem que jogar pelos dois lados. No lado direito facilita para cortar para o meio e bater para o gol. Minha relação com o Guto é muito boa. A gente até brinca, ele diz que 'quando a gente conversa, você sempre vai bem'. Sempre quando não faço um jogo bom, estou mal, ele conversa comigo e sempre vou bem no jogo seguinte. A confiança que ele me passa é muito importante”, ressalta o jovem atleta.

O Ceará enfrentará o Fortaleza, seu maior rival, no próximo domingo, 20, às 20h30min, na Arena Castelão. Será o quarto jogo consecutivo do Alvinegro de Porangabuçu contra equipes da mesma faixa da tabela — entra a zona de classificação para a Copa Sul-Americana e a de rebaixamento. Nas três partidas anteriores, duas vitórias, fora de casa, contra Vasco da Gama-RJ e Bahia, e uma derrota, na última rodada, de virada, para o Atlético-GO, em casa. Léo Chú, que participou de somente um dos sete Clássicos-Rei no ano (a derrota no segundo jogo da final do Campeonato Cearense), ressalta que o embate ganha novo tom diante da série de jogos contra "adversários diretos".

“Essa sequência era muito importante. A gente já havia conversado sobre isso. E agora é o Clássico-Rei. Clássico tem que vencer, tem que entrar com tudo. Vamos tentar acabar essa série com mais uma vitória. Estou trabalhando muito para fazer gol no clássico. Seria muito importante para mim e para o clube”, revelou.