PUBLICIDADE
Ceará Sporting Club
NOTÍCIA

Sem Rossi, Ceará continua no mercado por mais um ponta de alto nível

Alvinegro vai procurar nome com calma, uma vez que os atletas no elenco atual agradam para início de temporada

Gerson Barbosa
16:56 | 17/01/2020
Jorge Macedo, Sérgio Dimas e Robinson de Castro trabalham para encontrar novo nome
Jorge Macedo, Sérgio Dimas e Robinson de Castro trabalham para encontrar novo nome (Foto: Lucas Mota/O POVO)

Com 11 novas contratações e três remanescentes de 2019, o Ceará ainda está no mercado procurando um jogador de velocidade O Esportes O POVO apurou que, após Rossi preferir o Bahia, o Alvinegro quer um jogador com a característica que o ex-Vasco traria: tem que agradar a torcida.

A busca por esse jogador, porém, não será com urgência. Já existe a investigação de mercado do Ceará para encontrar esse nome, mas o estudo será feito com paciência e, a princípio, a agremiação começa a temporada com os jogadores que tem para a posição, até para que Argel Fucks possa avaliar os atletas que à disposição.

No elenco atual, o Vovô tem Mateus Gonçalves, Rogério e Chico entre os atletas que podem fazer a ponta esquerda - embora os dois primeiros joguem mais pela direita. Rafael Sobis também pode ser aproveitado na posição, mas deve ser integrado como centroavante.

Além de ponta esquerda, o Ceará avalia a situação de lateral-esquerdo. A equipe tem Bruno Pacheco, contratação que custou cerca de R$ 2 milhões ao Alvinegro, e João Lucas, que deve sair e tem a liberdade de negociar sua saída com calma. Cruzeiro, Coritiba e Goiás têm interesse no atleta, mas o portal Superesportes de Minas Gerais noticiou que ele já tem acerto com a Raposa.

Sem João Lucas, o Ceará deve avaliar um possível novo lateral-esquerdo, mesmo tendo Mateus Farias e Kelvyn, ambos da base, para ficar no banco de reservas. Ambos devem ser aproveitados em partidas neste início de ano.

CONTRATAÇÕES PARA SÉRIE A

Quando o calendário da Série A se aproximar, o Ceará pretende se reforçar ainda mais. Entre quatro a cinco nomes devem chegar para compor o elenco que disputará a primeira divisão nacional. Esses atletas não serão contratados necessariamente antes do certame, mas podem se transferir durante o Brasileirão.

OUÇA ENTREVISTA COM ROBINSON DE CASTRO PARA O FUTCAST:

Listen to "#84 - Exclusiva com Robinson de Castro: “Não estamos fazendo loucura”" on Spreaker.