PUBLICIDADE
Ceará Sporting Club
NOTÍCIA

Dirigente do Ceará promete "análise criteriosa" para contratação de centroavante para 2020

A posição de centroavante será umas prioridades da diretoria após a temporada em baixa, quando nenhum dos jogadores do setor deslanchou

17:07 | 14/12/2019
Jorge Macedo assume a função de executivo de Futebol
Jorge Macedo assume a função de executivo de Futebol (Foto: MARCELO VIDAL/Ceará)

Ciente dos problemas ofensivos enfrentados em 2019, o novo executivo de Futebol do Ceará, Jorge Macedo, promete uma análise profunda do mercado na montagem do elenco para 2020, principalmente no setor de ataque. A posição de centroavante será umas prioridades da diretoria após a temporada em baixa, quando nenhum dos jogadores do setor deslanchou.

Atualmente, Bergson é o único centroavante no elenco com vínculo contratual para 2020. O atacante tem contrato até abril de 2021. Caso o jogador siga nos planos da diretoria para a próxima temporada, pelo menos mais dois jogadores da posição devem ser contratados.

"A gente sabe que é uma posição carente. O 9 é um jogador essencial para o time, jogador que no mercado é muito procurado, e têm poucos. A gente vai fazer uma busca criteriosa para diminuir essa problema que o Ceará teve", afirmou Jorge Macedo.

As novidades sobre contratações devem começar a partir da próxima semana, segundo o presidente Robinson de Castro. O clube já possui 20 atletas com vínculo contratual para o próximo ano, mas vai precisar contratar de oito a dez peças, tendo vista a meta do Departamento de Futebol de formar um elenco com 28 a 30 jogadores.

O Esportes O POVO apurou que apenas três jogadores, que tiveram seus contratos encerrados em 2019, interessam ao Ceará para renovações. São eles: o meia Ricardinho, o meia-atacante Lima e o atacante Mateus Gonçalves.

O caso mais simples é o do meio-campista Ricardinho. Com o contrato encerrado, o jogador está livre no mercado e pode assinar a renovação sem qualquer empecilho. O camisa 8 fez 52 jogos e marcou dois gols na temporada.

Já Mateus Gonçalves e Lima possuem contrato com outras equipes e estavam emprestados ao Vovô. O primeiro pertence ao Tijuana, do México, e atuou em 24 partidas pelo Ceará em 2019, marcando quatro gols. O segundo tem vínculo com o Grêmio e atuou em 15 jogos, balançando as redes uma vez.

O Vovô deve avaliar ainda na próxima semana quais jogadores com vínculo mais longo não interessam para 2020. Além disso, há jogadores com mercado e podem deixar o clube. É o caso de Thiago Galhardo, artilheiro do Alvinegro neste ano com 12 gols na Série A.

O Ceará já tem conhecimento que o jogador está sendo procurado por outros clubes. Entretanto, o meia-atacante possui contrato com o Alvinegro até o fim de 2020. Para sair, apenas com pagamento de multa milionária ou acordo entre as partes.

OUÇA O NOVO EPISÓDIO DO FUTCAST:

Listen to "#82 - Balanço da temporada de 2019 de Ceará e Fortaleza" on Spreaker.

ASSISTA AO NOVO VÍDEO DO NA PRANCHETA: