PUBLICIDADE
Ceará Sporting Club
NOTÍCIA

Thiago Galhardo não marca para o Ceará desde chegada de Adílson Batista

O meia-atacante não balança as redes há cinco partidas

21:05 | 28/10/2019
Thiago Galhardo não marcou nenhum gols no empate do Ceará em 1 a 1 diante do Vasco
Thiago Galhardo não marcou nenhum gols no empate do Ceará em 1 a 1 diante do Vasco (Foto: AURELIO ALVES)

Quando Enderson Moreira foi demitido do Ceará, muitos jogadores lamentaram. O meia-atacante Thiago Galhardo foi um deles. Pilar ofensivo da equipe comandada pelo ex-treinador, o atleta tem enfrentado uma seca de gols que coincide com o tempo de Adílson Batista no comando do Alvinegro.

A ausência de bola na rede começou na derrota diante do Goiás, quando Thiago Galhardo perdeu o pênalti que daria um empate para o Ceará. À época, o meia-atacante não imaginava que, após outras quatro rodadas, continuaria sem marcar com a camisa do Vovô.

O jogador de Porangabuçu acumula atualmente 437 minutos jogados com zero gols marcados. Nesse período, o Ceará já disputou seis jogos e fez seis gols. Thiago Galhardo esteve presente em cinco dessas partidas, ausente somente diante do Bahia por suspensão - quando o time marcou dois gols. Mesmo assim, o jogador nem sequer conseguiu dar qualquer assistência nesse tempo.

Isso não quer dizer, porém, que o jogador não tem tentado. Das 51 finalizações realizadas pelo Alvinegro nas cinco últimas partidas, 13 saíram do pé do atleta, mas há uma discrepância entre o Galhardo que atuava no time de Enderson Moreira e do que joga na equipe formada por Adílson Batista.

De acordo com dados do estatístico e comentarista da rádio O POVO CBN, Thiago Minhoca, o rendimento de Thiago Galhardo era superior nas cinco últimas rodadas no comando de Enderson Moreira. Com 450 minutos jogados, nas cinco últimas partidas com o ex-técnico, o jogador havia marcado dois gols e finalizado 18 vezes no total, além de driblar mais e ser mais decisivo nas jogadas. Enquanto com Adílson, o atleta tem apenas cinco passes decisivos, com Enderson esse número quase dobrava, subindo para nove.

Seu desempenho tem variado muito com o atual técnico, indo de meia de ligação até falso 9 - maneira na qual atuou nas duas últimas partidas, mas não rendeu nenhuma finalização e não o fez participar de nenhum dos dois gols do Ceará marcados diante de Santos e Vasco.

Nessas seis partidas do Alvinegro, cinco com Thiago Galhardo sem marcar, o Ceará acumula duas vitórias, um empate e três derrotas. O jogador terá a chance de fazer as pazes com o gol, caso seja escalado nesta quarta-feira, 30, quando o Vovô enfrenta o Fluminense, às 21h30min, no Castelão.