PUBLICIDADE
Ceará Sporting Club
NOTÍCIA

Com lesão no nariz, volante William Oliveira passará por procedimento cirúrgico no Ceará

Além dele, outros dois jogadores passarão por procedimento cirúrgico nos próximos dias. DM Alvinegro trata ainda o lateral-esquerdo Carleto, que deve voltar aos treinos com bola nos próximos dias.

20:26 | 22/07/2019
William Oliveira começou como titular diante do Palmeiras, mas saiu no começo do jogo, após pancada no nariz.
William Oliveira começou como titular diante do Palmeiras, mas saiu no começo do jogo, após pancada no nariz. (Foto: Felipe Santos/Cearasc.com/Divulgação)

A lista de atletas com cirurgia marcada no Ceará ganhou mais um nome neste fim de semana. Além dos atacantes Alex Amado e João Paulo, o volante William Oliveira é mais precisará passar por procedimento cirúrgico nos próximos dias. O atleta sofreu uma lesão aos 30 minutos do 1° tempo do jogo contra o Palmeiras, no último sábado, na Arena Castelão. Após exame de imagem, foi diagnosticado uma pequena fratura no nariz. Além dos três jogadores, outro atleta da casa que passa por cuidados médicos é o lateral-esquerdo Thiago Carleto. Nesta segunda-feira, 22, o chefe do departamento médico do clube, Henrique Bastos, fez um balanço da situação dos quatro atletas em tratamento.

Apesar de se tratar de um caso cirúrgico, o caso de William Oliveira, por não envolver corte, prevê uma recuperação rápida, com previsão de uso de máscara de proteção para agilizar o seu retorno às atividades com bola. "Teve uma trauma na face, que determinou uma fratura no nariz. Ele foi avaliado com especialista da área. Deverá realizar o procedimento desta semana, quarta ou quinta-feira. Não foi uma fratura tão complicada. Vai ser realizado um procedimento de redução sem precisar abrir. Isso melhora e muito a recuperação do atleta. Diferente do Auremir, que foi um procedimento mais severo, em que foi preciso abrir. Depois do procedimento, precisará ficará de sete a 10 dias sem treinos", afirmou o médico.

A recuperação de Alex Amado, que sofreu nova lesão na tíbia, e João Paulo, que sofreu fratura na perna, encontra-se em estágio bem parecido, segundo Henrique Bastos. "Estamos aguardando uma resposta de um material que estamos trazendo de fora, para utilizar no atleta, para resolver a situação dele. Possivelmente o procedimento cirúrgico dele deve sair na sexta-feira, porque é um material importado. Assim como o material utilizado pelo atleta João Paulo, estamos aguardando, porque é um material que vem de fora. Estamos ainda no aguardo da chegada desse material", comentou.

Já o caso do lateral-esquerdo Thiago Carleto é mais bem simples, uma vez que ele apenas faz um trabalho preventivo após o atleta acusar um desconforto na lateral-esquerdo na coxa direita. "O Carleto presentou discreto edema na musculatura. Achamos prudente apenas tratá-lo antes de liberá-los para os treinos com bola. Não chega a ser uma lesão de ruptura", destacou.

 

Bruno Balacó