PUBLICIDADE
Ceará Sporting Club
NOTÍCIA

Perto de retorno contra o Fluminense, Wescley se diz motivado com o carinho do torcedor

Afastado há quase três meses devido à lesão na coxa direita, o dono da camisa 27 do Alvinegro deve ganhar condições físicas ideais para entrar em campo na volta da competição.

18:28 | 28/06/2019
A última partida foi a derrota de 2 a 0 do Vovô para o Náutico-PE, em 6 de abril, pela Copa do Nordeste
A última partida foi a derrota de 2 a 0 do Vovô para o Náutico-PE, em 6 de abril, pela Copa do Nordeste (Foto: Mateus Dantas em 02/01/2018)

Mais de mês sem jogos oficiais. A pausa da Série A do Campeonato Brasileiro por causa da Copa América no Brasil serviu para recuperar jogadores importantes no Ceará, como é o caso do meia-atacante Wescley. Afastado há quase três meses devido à lesão na coxa direita, o dono da camisa 27 do Alvinegro deve ganhar condições físicas ideais para entrar em campo na volta da competição, quando a equipe cearense encara o Fluminense no dia 15 de julho, no Rio de Janeiro.

+ Samuel Xavier projeta bom desempenho do Ceará na volta da Série A

O carioca de 27 anos voltou a treinar com o restante do grupo no início da semana, quando o Ceará retomou as atividades após período de folga de uma semana. A última vez que Wescley esteve em campo foi na eliminação para o Náutico, na Copa do Nordeste, quando o meia deixou o jogo lesionado ainda no 1º tempo. O técnico ainda era Lisca. De lá pra cá, o jogador desfalcou o clube em confrontos importantes, como as finais do Campeonato Cearense e o início da Série A.

"Estou me sentindo bem. Iniciei o treinamento com o grupo neste retorno. Espero estar em condições físicas ideais para a próxima partida do Vozão", afirmou Wescley em entrevista coletiva realizada ontem, no Porangabuçu.

Maior contratação do futebol cearense, o meia fechou contrato em definitivo com o Vovô até 2021. Diante do tamanho investimento, há uma grande expectativa pelo desempenho do jogador na atual temporada. No período de recuperação do atleta, a ansiedade do torcedor para ver logo Wescley em campo só aumentou.

"Em todos os lugares em Fortaleza que eu vou, farmácia, banco, padaria, sempre tem algum torcedor do Ceará que pergunta como estou. A gente fica feliz pelo carinho. Sou um cara que me cobro bastante. Sei da responsabilidade de vestir essa camisa. Não fico feliz quando não jogo, mesmo que a situação seja uma lesão. Infelizmente, a gente está sujeito a isso", contou.

O carinho do torcedor motiva ainda mais Wescley. O jogador também se diz ansioso para voltar a disputar uma partida oficial pelo Alvinegro. "Vestir essa camisa, sem demagogia, é um prazer. Me sinto muito à vontade tanto no CT, quanto no Castelão."

Além de Wescley, duas peças importantes estão próximas do retorno. O meia-atacante Juninho Quixadá, afastado há mais de seis meses por conta de lesão no quadril, e o volante William Oliveira, por lesão no ombro na final do estadual, voltaram a treinar com o restante do grupo.

VEJA MAIS | FUTCAST #60 - FutCast #60 – Mercado da bola do Ceará e Fortaleza: reforços, saídas e especulações

Listen to "#60 - Mercado da bola do Ceará e Fortaleza: reforços, saídas e especulações" on Spreaker.

Lucas Mota