PUBLICIDADE
Esportes
DE VOLTA

Leandro Carvalho exalta carinho da torcida e aprova apelido: "Dinheiro nenhum compra isso"

Atacante foi apresentado oficialmente à imprensa nesta terça-feira, 5. Jogador pode estrear nesta quinta contra o Atlético-CE

19:13 | 05/03/2019
Leandro Carvalho conversou com a imprensa nesta terça-feira, 5 (Foto: Garibaldi Soares)
Leandro Carvalho conversou com a imprensa nesta terça-feira, 5 (Foto: Garibaldi Soares)

Recepcionado com festa no aeroporto, Leandro Carvalho falou sobre o momento e exaltou a torcida do Ceará, nesta terça-feira, 5, durante a sua apresentação à imprensa. O carinho dos torcedores foi uma das motivações para retornar ao Alvinegro do Porangabuçu.

"Quando o avião pousou, recebi várias fotos no aeroporto. Falei com minha mãe, ela e minha esposa vieram comigo, que era foto do desembarque antigo. Não pode ser possível pelo horário. Mas na verdade, quando fomos descendo a escada rolante, já fomos ouvindo a torcida lá fora", disse Leandro.

"Ficou uma coisa assim sem acreditar. Dinheiro nenhum compra isso. Estava feliz na volta e fiquei ainda mais com essa recepção", completou o atacante.

+ Lisca confirma Leandro Carvalho e Wescley para os jogos contra o Atlético-CE e o Fortaleza

Uma das contrações mais festejadas de 2019, Leandro também chegou a receber uma proposta da China. Entretanto, o atleta já estava com tudo acertado com o Vovô e recusou a oferta da equipe chinesa.

"Não pensei em dinheiro. O Ceará me paga um bom salário. Isso me deixa feliz por ser valorizado aqui. O que eu peço, eles sempre cumprem. Não seria uma boa hora para ir para a China. Foi importante voltar pra cá e saber que a torcida tem esse carinho e toda a instituição do Ceará. Me motivou bastante", explicou ele.

O atacante ainda comentou sobre o apelido que a torcida do Ceará lhe deu: Leandro "Cachaça". A alcunha teve origem na época em que jogava no Paysandu, mas tinha sentido pejorativo. No Vovô, se transformou em carinho.

"Esse apelido veio surgir quando vim do Paysandu pra cá. Muitos torcedores me criticavam por eu estar na noite. Mas falo para todo mundo que é passado. A torcida do Paysandu tem ligação com a do Ceará e foi falando essas coisas. Mas a (torcida) do Ceará me abraçou. Não levei momento algum para o coração. Abracei pelo lado carinhoso. Não vejo nada demais", afirmou.

O atleta vive a expectativa de reestrear nesta quarta-feira, 6, diante do Atlético-CE, na 5ª rodada do Campeonato Cearense. O técnico Lisca já confirmou o jogador na lista de relacionados.

VEJA MAIS | FutCast #39 – Resenha com Chico: Ceará, Clássico-Rei, seleção da Coréia do Sul e preconceito

Listen to "#39 – Resenha com Chico: Ceará, Clássico-Rei, seleção da Coréia do Sul e preconceito" on Spreaker.

O Povo