Participamos do

Apresentado pelo Atlético-MG, Diego Costa projeta estreia e mira títulos

Atacante de 32 anos veste a camisa do Galo na obra da futura arena, justifica escolha pelo clube, exalta torcida e destaca qualidade da equipe
15:17 | Ago. 19, 2021
Autor Gazeta Esportiva
Foto do autor
Gazeta Esportiva Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

O Atlético Mineiro apresentou, nesta quinta-feira, o atacante Diego Costa. O brasileiro naturalizado espanhol, última contratação do clube, falou sobre a expectativa antes de estrear e deixou suas impressões acerca do novo clube.

Diego comentou o “pé quente” na vitória contra o River, que acompanhou do Mineirão: “Senti toda a atmosfera da torcida. O time está com uma dinâmica muito bonita, com um jogo lindo. Espero agregar e, o quanto antes, estar ali dentro de campo, para fazer a alegria da Massa.”

Ele se disse ansioso para a estreia: “É tudo muito novo para mim. Nunca tive a oportunidade de jogar no Brasil. Tem aquela mistura de sentimentos: felicidade, ansiedade, para poder estrear, ver como vai ser tudo.”

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

“Fisicamente não estou mal. Os preparadores vão ver a melhor maneira para poder estrear. Contato com bola é a questão que mais me falta. São detalhes, ajustes, para estrear o quanto antes”, completou.

Diego Costa entende que o planejamento do Atlético foi fundamental para que integrasse o elenco: “Eu acho que o primeiro passo é você ver um time qualificado. O projeto é bonito, ambicioso, todo mundo me apresentou. Você entrar em um time bom, com jogadores top, a adaptação é muito mais fácil.”

“Tinha outras possibilidades, mas acho esse projeto muito mais ambicioso: disputar títulos, jogar contra os melhores”, acrescentou.

Muitas vezes polêmico dentro de campo, o atacante citou a sua personalidade: “É algo bom, que sempre me deixa motivado. Não vou pisar no freio: vou chegar para ganhar. Sou muito simples, fácil de lidar, mas, dentro de campo, não me peça para alisar, porque não vou alisar.”

Por fim, o centroavante falou sobre uma possível dupla com Hulk: “O professor Cuca vai ver o melhor momento para utilizar os dois. Jogar com o Hulk será bem fácil, é a grande referência do Galo.”

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags