PUBLICIDADE
NOTÍCIA

Aproveitamentos de Ceará e Fortaleza crescem no mesmo período pré e pós-Copa América

Vovô e Leão estão rigorosamente empatados em vários quesitos, mas destoam em campanhas dentro e fora de casa

11:08 | 10/09/2019
Ceará e Fortaleza em campo pelo Clássico-Rei
Ceará e Fortaleza em campo pelo Clássico-Rei (Foto: Stephan Eilert/Ceará SC)

Nove rodadas se passaram no Brasileirão desde o fim da pausa para a Copa América. É o mesmo número de jogos que Ceará e Fortaleza disputaram antes da competição continental. Comparando os aproveitamentos dos dois períodos, alvinegros e tricolores cresceram na competição, ainda que pouco: de 37% para 40% da pontuação em disputa. Tanto no pré quanto no pós-Copa América, os dois times fizeram o mesmo número de pontos: 10 e 11, respectivamente.

Antes da pausa, Ceará e Fortaleza haviam conquistado três vitórias, um empate e cinco

derrotas, rigorosamente empatados nesses quesitos. A diferença vai para a bola na rede: tanto o ataque quanto a defesa do Vovô foi mais eficiente, marcando nove gols e sofrendo onze, enquanto o Leão marcou oito e levou treze, terminando com saldo negativo.

Depois da Copa América, porém, esses números deram uma melhorada para o lado tricolor: já são treze gols marcados e doze sofridos, com saldo positivo de um. O ataque do Ceará também teve um crescimento no mesmo período, com dez bolas na rede adversária. Mas a defesa ficou mais exposta, muito por conta das três derrotas seguidas na competição, e sofreu onze gols, zerando o saldo alvinegro nessas últimas nove rodadas.

Se por um lado as campanhas são bastante semelhantes nesses últimos aspectos, o recorte feito para os desempenhos como mandante mostram um contraste entre os dois rivais. O Ceará conquistou 75% dos pontos que disputou no Castelão depois da Copa América, vencendo três jogos e perdendo um. O Fortaleza atuou mais em seus domínios, mas isso não parece ter ajudado tanto assim o Leão: das cinco partidas, venceu duas e perdeu três, ganhando menos da metade dos pontos que poderia ter conseguido diante de sua torcida: apenas 40%.

Longe do gramado do Castelão, porém, a história é outra. Quem mais viajou para fora depois da competição continental foi o Ceará, com cinco jogos como visitante. Não venceu nenhum, empatou dois e perdeu três, com um aproveitamento de 13,3% e apenas dois pontos ganhos. O Fortaleza teve uma campanha melhor, somando cinco pontos em quatro jogos, com uma vitória, dois empates, uma derrota e 41,6% de aproveitamento.

Na próxima rodada, o primeiro turno do Brasileirão chegará ao fim e os dois times terão o mesmo número de jogos tanto como mandantes quanto visitantes, contando a Série A por inteiro. O Ceará encara o Botafogo no Castelão no sábado, 14, às 21 horas. O Fortaleza, por sua vez, viaja a Salvador para enfrentar o Bahia na Arena Fonte Nova no domingo, 16 horas.

VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR: