Participamos do

Com surto de Covid-19, Sergipe pode pedir adiamento do jogo contra o Ceará; entenda

Dependendo do tempo de retorno dos atletas positivados estabelecido por protocolo, presidente do Sergipe pode solicitar à Confederação Brasileira de Futebol (CBF) o adiamento da partida contra o Ceará, marcada este sábado, 29
16:36 | Jan. 25, 2022
Autor Lucas Mota
Foto do autor
Lucas Mota Repórter na editoria de Esportes
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

O presidente do Sergipe, Ernan Sena, tem reunião marcada nesta terça-feira, 25, Federação Sergipana de Futebol (FSF) para avaliar a situação da equipe em meio ao surto de casos de Covid-19 no elenco. Dependendo do tempo de retorno dos atletas positivados estabelecido por protocolo, o dirigente pode solicitar à Confederação Brasileira de Futebol (CBF) o adiamento da partida contra o Ceará, marcada este sábado, 29, na Arena Bastistão-SE.

O clube divulgou na segunda-feira, 24, que 16 jogadores do elenco e cinco membros da comissão técnica testaram positivo para a Covid-19 no último domingo. Sem ter o número mínimo de atletas exigido, a diretoria do Sergipe solicitou o adiamento do jogo contra o Botafogo-PB, que seria disputado nesta quarta, 26, e teve o pedido atendido pela CBF. O duelo foi remarcado para 2 de fevereiro.

Procurado pelo Esportes O POVO, o presidente do Sergipe explicou que a equipe só tem condições de enfrentar o Ceará se o período de isolamento no protocolo for de cinco dias para os jogadores que realizassem nova testagem e tivessem resultados negativos.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

"A gente vai na Federação para saber dos protocolos de retorno. A depender do protocolo de retorno, nós não teríamos número mínimo de atletas à disposição. Vamos avaliar a possibilidade de pedir (o adiamento do jogo contra o Ceará) ou não", afirmou Ernan.

"Havendo cinco dias é possível participar do jogo. Mais do que isso vão continuar os mesmos indisponíveis, e a equipe sem ter o número mínimo de atletas", completou.

O Ceará também registrou casos de Covid-19. Entre sexta-feira, 21, e terça-feira, 25, nove jogadores do Alvinegro testaram positivo para o novo coronavírus.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags