PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Jogo PSG x Basaksehir é encerrado por denúncia de racismo do 4º árbitro

O alvo do racismo seria um membro da comissão técnica do Basaksehir, que foi defendido por Demba Ba. Jogo do time turco contra o PSG é válido pela Champions League

18:38 | 08/12/2020
O jogador brasileiro do PSG, Marquinho, espera após o jogo ter sido suspenso. Um dos árbitros teria cometido racismo contra um jogador do Basaksehir (Foto: FRANCK FIFE / AFP)
O jogador brasileiro do PSG, Marquinho, espera após o jogo ter sido suspenso. Um dos árbitros teria cometido racismo contra um jogador do Basaksehir (Foto: FRANCK FIFE / AFP)

Atualizada às 19h25min

O jogo entre o francês PSG e o Istanbul Basaksehir, disputado nesta terça-feira, 8, em Paris, foi encerrado por volta do minuto 15 após uma denúncia de racismo do quarto árbitro contra um membro da equipe turca. Jogo será retomado nesta quarta-feira, às 14h55min (horário de Brasília).

Durante o jogo, válido pela sexta e última rodada do Grupo H da Liga dos Campeões, o atacante francês Demba Ba, de origem senegalesa, estava no banco de reservas e discutiu com o quarto árbitro, o romeno Sebastian Coltescu, a quem acusou de ofensas racistas.

>> Nosso vocabulário racista

Demba Ba acabou expulso e todos os jogadores das duas equipes deixaram o gramado do Parc des Princes em solidariedade ao atacante.

Dirigentes dos dois times foram ao campo para entender a situação.

De acordo com as primeiras informações, o alvo das ofensas seria um membro da comissão técnica do Basaksehir, que foi defendido por Demba Ba.

>> Confira os jogos de futebol na TV hoje, terça-feira, 8 de dezembro (08/12)

Os jogadores do PSG ficaram no vestiário por cerca de 10 minutos e depois retornaram para o reinício do duelo. Na ocasião, os adversários turcos não voltaram.

O presidente do Basaksehir disse que a equipe não retornaria se o quarto árbitro seguisse na partida.

MAIS SOBRE A CHAMPIONS LEAGUE

>> Técnico do Barcelona, Ronald Koeman comenta sobre embate entre Messi e Cristiano Ronaldo

>> Leonardo diz que "não é o momento" de falar sobre possível ida de Messi ao PSG

>> "Messi dará uma chance ao Barça", diz Laporta, candidato à presidência do clube

>> Fifa revela lista de candidatos ao prêmio The Best