PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Seleção Brasileira: no último treino antes de encarar o Peru, Tite define Thiago Silva como capitão

Desde que chegou ao comando da Seleção, Tite instituiu um rodízio da braçadeira. Com exceção da Copa América de 2019, quando Daniel Alves usou a faixa, a equipe não teve um capitão fixo

15:14 | 12/10/2020
Thiago Silva vestirá a braçadeira de capitão da Seleção Brasileira diante do Peru (Foto: Lucas Figueiredo/CBF)
Thiago Silva vestirá a braçadeira de capitão da Seleção Brasileira diante do Peru (Foto: Lucas Figueiredo/CBF)

A Seleção Brasileira terá um velho conhecido como capitão no duelo contra o Peru, pela 2ª rodada das Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa de 2022. Depois de Casemiro usar a braçadeira na goleada contra a Bolívia, o zagueiro Thiago Silva é quem vai vestir a faixa na partida de terça-feira.

Desde que chegou ao comando da Seleção, Tite instituiu um rodízio da braçadeira. Com exceção da Copa América de 2019, quando Daniel Alves usou a faixa, a equipe não teve um capitão fixo e boa parte dos convocados pelo treinador foram selecionados para a função.

Thiago Silva, no entanto, é quem tem mais experiência como capitão do Brasil. O zagueiro de 36 usou a braçadeira durante a Copa do Mundo de 2014, disputada no Brasil, e em duas partidas da Copa de 2018, na Rússia.

Na manhã desta segunda-feira, a Seleção Brasileira realizou seu último treino antes de enfrentar o Peru, no Estádio Nacional, em Lima. No CT Joaquim Grava, do Corinthians, apenas o aquecimento e uma atividade em campo reduzido com dois times foram transmitidos ao público.

Neste último trabalho, as equipes foram divididas Weverton, Gabriel Menino, Marquinhos, Rodrigo Caio e Renan Lodi; Casemiro, Douglas Luiz, Everton Ribeiro, Cebolinha, Neymar e Matheus Cunha; Ederson, Danilo, Thiago Silva, Felipe e Alex Telles, Fabinho, Bruno Guimarães, Coutinho, Richarlison, Rodrygo e Roberto Firmino.

O time titular que entrará em campo na terça-feira poderá ser divulgado por Tite ainda nesta segunda-feira, em entrevista coletiva no início da tarde. Depois, a Seleção Brasileira vai se encaminhar ao Aeroporto Internacional de Guarulhos, onde embarcará às 17h com direção à Lima.