PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Dani Alves volta a criticar Bolsonaro: "Deveria cuidar em vez de mandá-los para a rua"

Após ser acusado de "não se colocar no lugar das pessoas mais humildes", jogador respondeu a internautas nas redes sociais

15:53 | 25/03/2020
Daniel Alves voltou a tecer críticas ao presidente Jair Bolsonaro
Daniel Alves voltou a tecer críticas ao presidente Jair Bolsonaro (Foto: Divulgação/Twitter)

Daniel Alves, meio-campista do São Paulo, voltou a tecer críticas ao pronunciamento do presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, a respeito da pandemia do novo coronavírus. Nesta quarta-feira, o atleta foi acusado de “não se colocar no lugar das pessoas mais humildes”. Diante disso, Daniel respondeu.

“Então ele deveria cuidar de vocês nesse período difícil em vez de mandá-los para a rua, ele deveria ajudar vocês com o tempo que estiverem parados…. por e para isso se supõem que pagamos imposto não? Mais importante que dinheiro é saúde e se não tem saúde, não tem nada!”, escreveu.

A polêmica começou na noite desta terça-feira, quando Jair Bolsonaro foi na contramão da Organização Mundial da Saúde e pediu o pediu o fim do “confinamento em massa”. Segundo o presidente, apenas idosos e pessoas doentes deveriam ser isoladas.

Momentos depois, Dani Alves utilizou as suas redes sociais para repudiar o discurso. “Senhor presidente, respeito muito a sua presidência, respeito muito a vossa senhoria, mas são muitas famílias e muitas pessoas trabalhando em prol do combate a essa pandemia e o senhor, como a pessoas mais importante desse país, deveria também prezar pelo bem do nosso país e do nosso povo”, comentou, por meio do seu Instagram oficial.

“É um momento muito difícil para o mundo e para nossa população, não devemos desfazer dessa situação, sobre tudo se não temos cura para ela. Como um humilde cidadão eu venho expressar a minha opinião, pois não quero viver sem poder compartilhar momentos com as pessoas nem viver com medo delas”, finalizou.