PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Ferroviário vence por 1 a 0 e Barbalha perde chance de título do primeiro turno do Cearense

Com gol de Léo Bahia, no segundo tempo, Tubarão da Barra, já sem chance de conquistar título, atrapalhou os plano do Barbalha

18:32 | 26/01/2020
Ferroviário venceu por 1 a 0; vitória deu título ao Guarany de Sobral
Ferroviário venceu por 1 a 0; vitória deu título ao Guarany de Sobral (Foto: Xandy Rodrigues/FAC)

Já sem objetivos na primeira fase do Campeonato Cearense, Ferroviário entrou sem peso, mais organizado, e indo mais ao ataque, em partida no Elzir Cabral, na em Fortaleza. Não fosse Serjão, o goleiro do Barbalha, teria conquistado uma vitória até mais expressiva. Ainda assim, o 1 a 0, com o gol de Léo Bahia, já no segundo tempo, acabou com os planos da Raposa do Verdes Canaviais de repetir o feito do ano passado e ser bicampeã do primeiro turno da competição. Quem o fez, mesmo empatando em 1 a 1 com o Floresta, foi o Guarany de Sobral.  

Seja por desfalque, caso do Ferroviário, seja pelo nervosismo de busca o título do turno, no caso do Barbalha, certo foi que na primeira etapa sobraram chutões e tentativas de lançamentos frustados. A ligação do setor defensivo com o ofensivo falhava e sobravam passes errados. Exemplo disso, aos 12 minutos, Denis recebeu um lançamento, mas na hora de cruzar na área não achou ninguém. Dois minutos depois, foi a vez do Tubarão da Barra ir ao ataque. O chute de fora da área, no entanto, passou muito longe da meta. 

A melhor chance da etapa veio aos 17 minutos, com Tito. Wellington Rato puxou uma finta na meia cancha  e passou para Tito que limpou a jogada e chutou forte de fora da área. a bola ainda quicou e quase complicou para o goleiro Serjão. Sem o peso de ainda ter objetivos a buscar na fase, o Ferroviário foi se desenrolando mais organizado. Aos 35 minutos, Cleber tentou marcar de cabeça após cobrança de falta, mas Genivaldo bem colocado defendeu. 

Ferroviário continuou melhor no segundo tempo, mais organizando e buscando mais o gol. O Barbalha parecia se conformar que, com os confronto entre Guarany e Floresta seguindo empatado, ele poderia se valer do empate. Não fosse Serjão, em algumas oportunidades de bola parada, o Ferroviário teria conquistado um placar elástico.

Aos 39, Léo Bahia marcou, coroando a melhor atuação do Tubarão da Barra, fazendo com que o Barbalha perdesse o título até então certo.

Ficha técnica: Ferroviário x Barbalha

Ferroviário: Genivaldo, Jonas, Marcelo Amaral, Magno Alves, Igor João, Willan Machado, Elves, Wellington Rato, Eriki, Fauver Frank, Tito. Téc.: Anderson Batatais

Barbalha: Serjão, Alan, Diego Clemente, Leone, Léo Carioca, Johnnatan, Alex, Adriano, Denis (Rodrigão), Cleber, Caaporã (Stenio Garcia)

Local: Estádio Elzir Cabral, Fortaleza
Arbitro: Janderson Bandeira
Assistentes: John Batista Chaves e Ana Carolina Souza

Cartões amarelos: Elves (FAC), Alan (BFC), Igor João (FAC), Arlonso (FAC)