PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Neymar sobre vaias na sua reestreia pelo PSG: "É triste"

Apesar de ter sido vaiado e xingado pelos torcedores parisienses, o craque brasileiro manteve a compostura, marcou o único gol e foi o herói da partida.

18:35 | 14/09/2019
Neymar foi decisivo na vitória deste sábado
Neymar foi decisivo na vitória deste sábado(Foto: (Foto: Martin Bureau / AFP))

Após o fim da novela da última janela de transferências, Neymar finalmente voltou ao time titular do Paris Saint-Germain na tarde deste sábado, contra o Strassbourg, pelo Campeonato Francês. Apesar de ter sido vaiado e xingado pelos torcedores parisienses, o craque brasileiro manteve a compostura, marcou o único gol e foi o herói da partida. O atacante comentou a respeito dos protestos e afirmou que queria deixar Paris.

“Já joguei em vários estádios sendo vaiado. É triste, mas tenho que entender que a partir de agora vou jogar todo jogo fora de casa. Não tenho nada contra os torcedores, nem contra a instituição Paris Saint-Germain. Todo mundo sabe que o meu desejo era abandonar o PSG. Nunca fiz questão de esconder isso”, falou.

Em seguida, o ponta explicou o motivo pelo qual queria voltar ao seu ex-clube. “Tive alguns motivos pessoais para deixar o PSG. Quando você não está a vontade fazendo um trabalho, você procura outro. Isso é normal. Tinha minhas razões e quis sair daqui. Deixei isso extremamente claro e fiz o possível, mas infelizmente não aconteceu”, reforçou.

Neymar finalizou explicando que a negociação com o Barcelona é passado e seu foco está voltado ao Paris Saint-Germain. “Não tem porque entrar em detalhes do que aconteceu. Isso é uma página virada. O que importa é que sou jogador do PSG e prometo me esforçar muito em campo, cumprir o meu papel aqui. Não preciso que gritem meu nome e nem que estejam ali por mim. A torcida precisa apoiar o nosso clube”, completou.