PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

De virada, Grêmio bate o Vasco na volta do Campeonato Brasileiro

O resultado fez o Grêmio chegar ao oitavo lugar com 14 pontos ganhos.

19:45 | 13/07/2019
Pepê marcou os dois gols da vitória por 2 a 1
Pepê marcou os dois gols da vitória por 2 a 1 (Foto: (Foto: Lucas Uebel/GFBPA))

Com dois gols marcados por Pepê, no segundo tempo, o Grêmio derrotou o Vasco, de virada, em partida disputada na tarde deste sábado, na Arena Grêmio, em Porto Alegre. O resultado fez o Grêmio chegar ao oitavo lugar com 14 pontos ganhos. O Vasco segue na 15 ª colocação com nove pontos ganhos, mas pode ser superado na sequência da décima rodada do Campeonato Brasileiro. Yago Pikachu, de pênalti, fez o gol do Vasco, na primeira etapa.

O VAR voltou a causar polêmica. Um gol do Vasco,da autoria de Yago Pikachu, foi anulado no início do segundo tempo, porque a arbitragem viu falta de Rossi em Matheus Henrique, no lance que antecedeu a marcação do gol, o que provocou muitos protestos da equipe carioca.

O jogo foi equilibrado. O Grêmio, escalado com uma equipe alternativa, encontrou muita dificuldade para superar o bem armado esquema defensivo do Vasco, mas o talento do atacante Pepê acabou decidindo o jogo a favor do time gaúcho.

Na próxima rodada, o Vasco vai receber o Fluminense, em São Januário; O Grêmio vai encarar o Inter, no Beira Rio.

O jogo – O Grêmio começou a partida no ataque e, logo aos três minutos, Luan fez boa jogada e lançou Juninho Capixaba. O lateral-esquerdo bateu cruzado e Fernando Miguel fez boa defesa. O time gaúcho tinha mais posse de bola, mas o Vasco se defendia bem e impedia que o adversário criasse condições para concluir.O Vasco chegava poucas vezes à area sulista, mas aos 12 minutos, após bola lançada na área do Grêmio, David Braz puxou a camisa de Oswaldo Henriquez na grande área. O árbitro marcou pênalti e, dois minutos depois, Yago Pikachu bateu no canto esquerdo, sem chances para Paulo Victor.

O Grêmio tentou partir para a reação e, aos 17 minutos, Leonardo Moura foi lançado pela direita e cruzou para a entrada de Luan, mas Fernando Miguel se antecipou e fez a defesa.

O time da casa tinha mais de 70% de posse de bola, mas não conseguia criar situações reais de gol. Aos 31 minutos, Pepê tabelou com Matheus Henrique e correu para esperar o cruzamento na área, mas a zaga carioca afastou o perigo.

O time dirigido por Vanderlei Luxemburgo defendia a vantagem com forte marcação e pouco se aventurava no ataque.Insatisfeito com o rendimento da equipe, o técnico Renato Gaúcho chamou Everton e a torcida gaúcha fez muita festa. O atacante entrou na vaga do volante Rômulo.

Aos 36 minutos, depois de boa troca de passes, Pepê arriscou e Fernando Miguel defendeu sem dificuldades. Logo depois foi a vez do zagueiro David Braz chutar de longe e obrigar o goleiro do Vasco a cair no canto certo para fazer a defesa. Logo depois, Luan cruzou e Thaciano, sem marcação, cabeceou sem direção, desperdiçando boa oportunidade para empatar.

O Vasco se mostrava satisfeito com a vantagem e pouco se aventurava no ataque. Isolado na frente, Rossi quase não participava do jogo, enquanto Marquinho trabalhava mais no bloqueio do que na armação das jogadas.

Só aos 44 minutos é que a equipe carioca voltou a atacar com muito perigo. Raul foi lançado, entrou livre, mas Paulo Victor conseguiu fechar o ângulo e evitou o segundo gol.

Os dois times estavam se arrumando na volta do segundo tempo quando o Vasco voltou a colocar a bola nas redes em grande jogada de Yago Pikachu, mas após consulta ao VAR, o árbitro anulou o gol, marcando falta de Rossi em Maheus Henrique, antes da conclusão do lance. A anulação revoltou jogadores e comissão técnica da equipe carioca e o técnico Vanderlei Luxemburgo foi advertido com o cartão amarelo.

O Grêmio se animou e, aos cinco minutos, Everton cabeceou para fora, após cruzamento na área.

Aos 15 minutos, o Tricolor gaúcho empatou. Pepê recebeu bom passe de Luan, invadiu a área e bateu cruzado para deixar tudo igual. O empate fez o Grêmio partir com tudo em busca do segundo gol. Aos 20 minutos, Pepê desperdiçou uma oportunidade incrivel, depois que o chute de Luan desviou na zaga e sobrou para Pepê que chutou para fora. Os jogadores do Vasco reclamaram muito do desfecho da jogada porque Rossi caiu no gramado e o árbitro não interrompeu a jogada para o atendimento ao atacante, como permite a nova lei.

Vanderlei Luxemburgo tentou dar mais agressividade ao ataque e trocou Valdívia por Marrony. Aos 26 minutos, Everton recebeu de Luan, evitou um marcador e mandou a bomba. Fernando Miguel,com dificuldades, defendeu em dois tempos. O Vasco reagiu em dois momentos. Primeiro com um chute de Danilo Barcelos, bem defendido por Paulo Victor. Logo depois, Marcos Junior arriscou e levou perigo, mas a bola saiu.

Os dois técnicos fizeram modificações em suas equipes e o Grêmio seguiu pressionando, mas encontrando um adversário muito bem fechado que forçava a equipe da casa a levantar bolas na área, uma vez que não conseguia penetrar na defesa cruz-maltina.

Aos 40 minutos, o Grêmio desempatou. Leonardo Moura cruzou da direita e Pepê cabeceou para as redes, sem chances para Fernando Miguel.

Depois de passar à frente, o time dirigido por Renato Gaúcho passou a tocar a bola, numa tentativa de gastar o tempo. Nos acréscimos, a equipe da casa ainda teve a chance de ampliar a vantagem, quando Pepê bateu forte e Fernando Miguel fez grande defesa, evitando a marcação do terceiro gol.

FICHA TÉCNICA

GRÊMIO-RS 2 X 1 VASCO-RJ

Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS)

Data: 13 de julho de 2019 (Sábado)

Horário: 17h (de Brasília)

Árbitro: Rodolpho Toski Marques (Fifa-PR)

Assistentes: Bruno Boschilia (Fifa-PR) e Victor Hugo Imazu dos Santos (PR)

VAR: Paulo Roberto Alves Júnior(PR-CBF)

Cartão Amarelo: Juninho Capixaba, Thaciano (Gre);Richard, Rossi,Oswaldo Henriquez e o técnico Vanderlei Luxemburgo (Vasco)

Gols:

GRÊMIO: Pepê, aos 15 e 40 minutos do segundo tempo

VASCO: Yago Pikachu, aos 14 minutos do primeiro tempo

GRÊMIO: Paulo Victor; Léo Moura, Rodriguez, David Braz e Juninho Capixaba; Rômulo(Everton), Matheus Henrique(Da Silva), Thaciano e Jean Pierre; Luan(Patrick) e Pepê

Técnico: Renato Gaúcho

VASCO: Fernando Miguel, Yago Pikachu, Oswaldo Henríquez, Ricardo e Danilo Barcelos; Raul, Richard, Marcos Júnior(Lucas Mineiro) e Marquinho(Talles); Rossi e Valdívia(Marrony)

Técnico: Vanderlei Luxemburgo

Gazeta Esportiva