PUBLICIDADE
natural
NOTÍCIA

Ex-campeão mundial de boxe vai pagar funeral de George Floyd, americano morto em ato policial

O astro chegou a entrar em contato com a família da vítima para fazer a oferta, que foi aceita pelos parentes

13:02 | 02/06/2020
Ex-boxeador vai pagar funeral de George Floyd (Foto: Twitter/ Floyd Mayweather)
Ex-boxeador vai pagar funeral de George Floyd (Foto: Twitter/ Floyd Mayweather)

O ex-campeão mundial de boxe Floyd Mayweather vai arcar com os custos do funeral de George Floyd, norte-americano negro que foi morto por um policial branco na última semana, em Minneapolis, Estados Unidos. De acordo com informações do site americano ESPN, o astro chegou a entrar em contato com a família da vítima para fazer a oferta, que foi aceita pelos parentes.

Segundo matéria, a informação foi passada por Leonard Ellerbe, CEO da "Mayweather Promotions", ao site americano. Na ocasião, ele afirmou que o ex-boxeador iria se responsabilizar financeiramente pelo funeral de George e que o astro não se posicionou sobre assunto porque não gosta de falar sobre as ações que realiza.

George Floyd tinha 46 anos quando foi abordado pela policia. Em imagens gravadas por câmeras de segurança, o agente Derek Chauvin aparece pressionando o pescoço de George com o joelho, o que teria provocado o asfixiamento da vítima, como comprovou uma autópsia encomendada pela família de George. 

Chauvin foi demitido da Polícia de Minneapolis e enfrenta acusação de assassinato e homicídio culposo, informaram os procuradores do condado de Hennepin. Manifestações pedindo justiça por George e contra o racismo implodiram nos Estados Unidos e se espalharam por países como Reino Unido, Alemanha e Canadá. 

 

Escute o podcast Futcast