PUBLICIDADE
NOTÍCIA

Com 10 mil candidatos por vaga, BBB 22 é mais disputado que medicina na USP

Caso a próxima edição do reality show permaneça com uma cota de apenas 10 anônimos, será uma disputa de 10 mil pessoas por vaga

18:12 | 21/07/2021
Participantes do BBB 21 reunidos na casa após o término do programa (Foto: Divulgação/TV Globo)
Participantes do BBB 21 reunidos na casa após o término do programa (Foto: Divulgação/TV Globo)

O sonho de entrar no Big Brother Brasil está cada dia mais disputado para os anônimos. O “Big Boss” do programa, o diretor Boninho, revelou que pouco mais de 100 mil pessoas conseguiram se inscreveram para a 22ª edição do reality show da TV Globo. 

Caso a próxima edição permaneça com uma cota de apenas 10 anônimos, será uma disputa de cerca de 10 mil pessoas por vaga. Os números ultrapassam a concorrência por uma vaga no curso mais concorrido da Universidade de São Paulo (USP), considerada a melhor do país e segunda melhor da América Latina.

LEIA MAIS | Andressa Urach pede ajuda para entrar no BBB: "Recuperar o que a Universal me levou"

De acordo com o ranking de concorrência divulgado neste ano pela Fundação Universitária para o Vestibular (Fuvest), responsável pelo exame de admissão da USP, o curso de medicina do campus de São Paulo conta com uma disputa de 154,6 candidatos por vaga. Já no campus de Ribeirão Preto, a concorrência é de 129,1 para 1. 

Assim, a concorrência por uma vaga no BBB 22 é 64,7 vezes maior que a concorrência por uma vaga na graduação de medicina do campus de São Paulo da universidade paulista, que realiza o segundo maior vestibular do Brasil em número de inscritos, atrás apenas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). 

LEIA MAIS | Paula Amorim é a campeã do reality show "No Limite" e ganha R$ 500 mil 

Boninho também divulgou em suas redes sociais que no quarta-feira, 14, último dia de inscrição, houve um pico de 400 mil pessoas tentando finalizar o cadastro ao mesmo tempo. O Big Boss disse que ainda pode haver uma nova chance para quem não conseguiu concluir a inscrição.

“A gente está dando uma olhada pra ver se temos capacidade de olhar mais algumas pessoas. Aí, gente vai abrir mais uma chance pra aumentar esse número, mas isso vai depender do fôlego da nossa produção”, confessou. Assista:

 

 
 
 
Voir cette publication sur Instagram
 
 
 

Une publication partagée par Boninho (@jbboninho)