PUBLICIDADE
NOTÍCIA

Kanye West acusa esposa Kim Kardashian e sogra Kris Jenner de tentar prendê-lo

Na trama de Jordan Peele, um jovem fotógrafo negro acaba tendo que preso e tendo que fugir da família da namorada, uma mulher branca, após descobrir um segredo sombrio dos familiares

10:20 | 21/07/2020
 Kim Kardashian West e e seu marido, o rapper Kanye West. (Foto: AFP)
Kim Kardashian West e e seu marido, o rapper Kanye West. (Foto: AFP)

A noite foi agitada para quem acompanha a vida das irmãs Kardashians e Jenners. O rapper Kanye West, que, nesta semana fez seu primeiro comício na corrida presidencial dos Estados Unidos, usou seu Twitter nesta segunda-feira, 20, para a acusar a esposa Kim e a sogra Kris de tentar prendê-lo. Na sequencia de mensagens, algumas apagadas posteriormente, Kanye chega a citar o filme de terror/thriller Corra! (2017), de Jordan Peele.

"Kim estava tentando viajar para Wyoming com um médico para me internar como no filme 'Corra!', só porque eu chorei para salvar a vida das minhas filhas ontem...Todo mundo sabe que o filme 'Corra!' é sobre mim", escreveu ele na rede social.

Na trama de Peele, um jovem fotógrafo negro acaba tendo que fugir da família da namorada, uma mulher branca, após descobrir um segredo sombrio dos familiares.

Ele faz referencia ao discurso antiaborto realizado no domingo, 19, na Carolina do Sul, dia do seu primeiro comício, no lançamento de sua candidatura à presidência dos Estados Unidos. A estrela do rap queria que sua esposa, Kim Kardashian, abortasse quando ela estava grávida de sua filha North, e falou que seu pai também queria que a mãe dele fizesse o mesmo, enquanto estava grávida. 

Na sequência, ele também mandou uma mensagem para a sogra, Kris Jenner. "Kris, não brinca comigo. Você e aquele Calmye não são permitidos perto das minhas crianças. Vocês todos tentaram me prender", disse ele. Kanye também acusou Kris de vender a polêmica sex tape de Kim, que vazou anos atrás e, para muitos, impulsionou a vida pública da socialite. "Eu coloco minha vida na linha de frente pelos meus filhos que a mãe da North (Kim) nunca venderia sua sex tape", escreveu ele. E continuou: "Eu boto a minha vida para meu Deus que a mãe da North nunca fotografaria ela fazendo Playboy", acrescentou.

O trecho faz menção a uma cena do programa "Keeping Up With The Kardashians", que acompanha a família, em que Kris aparece tirando fotos de Kim, enquanto a filha posava para a revista masculina.

Em um dos textos, ele voltou a mencionar a revista e afirmou "As crianças West nunca vão fazer Playboy", junto de uma foto com os filhos, North, Chicago, Saint e Psalm.

O rapper seguiu na leva de tuites afirmando que Kim tentou prende-lo e que, se ele fosse "trancafiado como (Nelson) Mandela", as pessoas saberiam a razão. Ele também desafia dizendo: "Eu estou no rancho, venham me pegar", além de pedir que a sogra e a esposa ligassem para ele.

West também cita outros famosos: o rapper Drake e a editora-chefe da Vogue EUA, Anna Wintour. "Sempre me mostrou amor, mas quando eu disse a ela que eu faria (parceria com) a GAP, ela me olhou como se eu fosse louco. Depois me ligou puxando meu saco. Já sobre Drake, Kanye disse o nome do colega de profissão e um emoji pensativo.

Algumas das mensagens foram apagadas minutos depois, mas techos ainda podem ser visto na conta pessoal do rapper. Ao fim, ele informou que ia focar na música e divulgou a data de lançamento de seu novo projeto "DONDA".

Segundo o site TMZ, Kanye tem transtorno bipolar e sofre de crises e estaria estaria sendo uma, mas pessoas próximas estariam tentando ajudá-lo.

Clique na imagem para abrir a galeria