PUBLICIDADE
NOTÍCIA

Tiago Iorc rebate Anavitória e diz que escritório que agencia cantoras age de má-fé

Em vídeo publicado no Instagram, o cantor disse que o problema sobre a liberação ou não da canção é mais complicado do que parece

17:25 | 13/06/2020
Cantor se posicionou no Instagram após live de duo Anavitória. Evento trouxe revelações sobre a regravação do sucesso
Cantor se posicionou no Instagram após live de duo Anavitória. Evento trouxe revelações sobre a regravação do sucesso "Trevo (Tu), no qual Iorc participa (Foto: Reprodução/Instagram)

O cantor Tiago Iorc se manifestou neste sábado, 13, sobre o desabafo da dupla Anavitória em uma live ontem, 12, em relação aos direitos autorais da música Trevo (Tu), cuja composição também é dele. O duo revelou que Tiago estaria impedindo a regravação da canção. Em vídeo publicado no Instagram, o cantor disse que o assunto "deveria ser privado" e que o problema sobre a liberação ou não da canção é mais complicado do que parece.

O cantor começou admitindo se sentir "desconfortável" em comentar o ocorrido, mas que se viu no direito de dar uma resposta. Ele reforçou, ainda, que considerou o apelo público das cantoras "extremamente desnecessário".

"Meninas, Ana. Entendo teu sentimento. Provavelmente me sentiria da mesma forma se eu não soubesse o que está acontecendo por trás de tudo isso. Fica evidente nessa tua atitude impensada de tornar isso público que você não sabe da missa a metade", desabafou ele.

O cantor acusou o escritório de Anavitória de "sabotá-lo". Ana Caetano e Vitória Falcão são agenciadas pelo empresário Felipe Simas, que também administrava a carreira de Iorc. "O escritório que gerencia a carreira de vocês vem, repetidamente, sabotando meu trabalho e agindo de má-fé para me prejudicar, causando danos inclusive financeiros", acusou.

Tiago manifestou solidariedade com o sentimento da dupla, mas também fez crítica relacionada aos direitos autorais artísticos. "Estou contigo e acho que existe essa dor de querer que a música vá para o mundo. Mas também é um pouco contraditório porque a música é para as pessoas, mas a lei do direito autoral existe para proteger os autores. Você sabe o valor que isso tem", criticou ele.

Em relação à liberação da música Trevo (Tu), Tiago disse que alguns esclarecimentos seriam necessários, mas negou qualquer intenção de prejudicar a dupla ou a música. "Só estou revendo o meu direito e muita coisa precisa ser esclarecida em relação ao escritório de vocês antes que isso possa existir. Tenho certeza que vai existir no momento adequado, que as coisas vão ficar entendidas frente à realidade de tudo o que tá acontecendo e respeitando o direito de todo mundo", finalizou.

Em 2017, Anavitória venceu o Grammy Latino de Melhor Canção em Língua Portuguesa com Trevo (Tu). Tiago Iorc já foi empresário e sócio da Anavitoria Artes Ltda, empresa que administra a carreira da dupla, mas interrompeu a parceria após "discordâncias profissionais entre as partes", à época. 

 
 
 
Ver essa foto no Instagram

Uma publicação compartilhada por TIAGO IORC (@tiagoiorc) em

Em live, duo revelou que o cantor proibiu regravação

 

Um desabafo da dupla Anavitória durante uma live na noite dessa sexta-feira, 12, viralizou na internet e esteve entre os assuntos mais comentados no Twitter durante a manhã deste sábado, 13. Ana Caetano contou na transmissão ao vivo que Tiago Iorc proibiu a regravação da música Trevo (Tu), que compuseram juntos. De acordo com ela, a música foi "muito especial" na carreira que vem construindo ao lado da amiga Vitória Falcão.