PUBLICIDADE
NOTÍCIA

Entenda o motivo do desentendimento entre Lexa e Pitty durante show em São José dos Campos

O conflito entre as duas artistas teve início após a funkeira interromper seu show para reclamar sobre o tratamento hostil que teria recebido da equipe da baiana

20:00 | 19/11/2019
Lexa e Pitty protagonizaram um mal-estar nesse final de semana após a funkeira criticar a equipe da roqueira.
Lexa e Pitty protagonizaram um mal-estar nesse final de semana após a funkeira criticar a equipe da roqueira. (Foto: Reprodução/Instaram @lexa @pitty)

Um evento universitário realizado na cidade de São José dos Campos, no interior de São Paulo, no último sábado, 16, terminou com um mal-estar envolvendo as cantoras Lexa e Pitty. O conflito entre as duas artistas teve início após a funkeira interromper seu show para reclamar sobre o tratamento hostil que teria recebido da equipe da baiana. Segundo Lexa, os funcionários de Pitty a teriam destratado enquanto ela tentava assistir o show da artista nos bastidores.

"Eu sou muito fã dessa mulher, que é maravilhosa e guerreira. Ela lutou pelo seu espaço no meio do rock, que é tão difícil. E como mulher, ela representou. Mas eu preciso falar sobre uma coisa. A equipe dela foi muito grosseira. Eu quis ver um show aqui no cantinho e daí me tiraram no palco. Fui expulsa? Fui, mas o problema não é esse", iniciou a cantora.

De acordo com Lexa, o que a teria deixado indignada foi o fato de que a equipe de Pitty teria maltratado algumas bombeiras que estavam no local. Em outras palavras, ela acusou os funcionários da roqueira de machismo. "A equipe de bombeiros foi maltratada. Tiveram que mudar de lugar para a Pitty fazer o show. Sinceramente, eram duas mulheres que merecem respeito. Eu não estou aqui por mim. Estou aqui por elas. Atendi as duas no camarim e elas me relataram isso. Nem ia falar sobre, mas estou aqui para defender as mulheres", disse.

Ao final do discurso, Lexa ainda ressaltou que não estava tentando culpar a colega de profissão e sim  queria deixá-la ciente do caso. "Sei que a Pitty não tem nada a ver com isso, mas ela precisa analisar a situação. Mulheres precisam ser respeitadas", finalizou.

Pitty se pronuncia

Pouco tempo após o caso vir à tona, Pitty se pronunciou sobre as acusações de Lexa. De acordo com ela, a funkeira estava apenas querendo "caçar confusão". "Eu apurei e não teve nada disso. Estão querendo caçar confusão onde não tem", disse ela ao ser questionada por um seguidor sobre o ocorrido.

Ela também criticou a postura da colega, ressaltando que Lexa deveria ter falado diretamente com ela sobre a situação antes de expor tudo. "Não teve machismo. Ela estava em uma área que não podia ficar por conta de fiação e segurança. Minha equipe tentou levá-la para o outro lado do palco, onde era seguro, e ela entendeu errado. Como a mesma já disse, foi um mal-entendido", explicou.

"Cansei de ficar aqui tentando proteger ela e passar pano para uma atitude anti-profissional. Agora, chega. Eu vivo há mais de 16 anos de música e não de polêmica", finalizou a roqueira.

"Somos duas mulheres maduras"

Após ter recebido criticas pela forma como abordou a situação, Lexa usou suas redes sociais novamente para se defender dos ataques. "Em nenhum momento a minha reclamação foi para ela [Pitty]. Nós duas exaltamos as mulheres e, por isso, não queremos que nenhum tipo de discussão ou briga vá pra frente", disse.

De acordo com ela, seu desejo era apenas defender as bombeiras que foram "maltratadas". "Meu intuito foi defender uma causa. Nos entendemos. Eu quero deixar mais uma vez muito claro que eu só fiz isso porque eu faria com qualquer pessoa. Ela também é feminista, ela entende e respeita", finalizou a artista.