PUBLICIDADE
NOTÍCIA

Emilia Clarke revela que foi pressionada a ficar nua em Game Of Thrones para não decepcionar fãs

Em entrevista ao podcast Armchair Expert, ela relembrou as brigas que teve com alguns integrantes da equipe da série por se recusar a gravar as cenas de nudez

16:10 | 19/11/2019
A atriz Emilia Clarke, a Daenerys de Game Of Thrones, revelou ter sido pressionada a gravar cenas de nudez para não decepcionar os fãs da série.
A atriz Emilia Clarke, a Daenerys de Game Of Thrones, revelou ter sido pressionada a gravar cenas de nudez para não decepcionar os fãs da série. (Foto: Divulgação/HBO)

A atriz Emilia Clarke, a Daenerys de Game Of Thrones, revelou ter sido "pressionada" a gravar cenas de nudez por membros da equipe da série para "não decepcionar os fãs". Durante um bate-papo com os apresentadores do podcast Armchair Expert, ela relembrou as brigas que teve com a produção do programa por se negar a ficar nua durante as gravações.

"Eu tive brigas no set em que dizia: 'Não, o lençol vai me cobrir até o pescoço'. E eles diziam: 'Você não quer decepcionar os fãs de Game Of Thrones, quer?'. E eu respondia: 'Vão se foder'", contou a atriz, sem revelar o nome dos membros da equipe que faziam os comentários.

Segundo ela, antes de iniciar as gravações da série, os responsáveis pela produção não a avisaram sobre a quantidade das cenas de nudez. "Eu tinha acabado de sair da escola de teatro e abordei isso como qualquer outro trabalho. Eu achava que, se estava no roteiro, era porque era algo necessário para a trama", disse.

Ela ainda relembrou como foi sua primeira experiência em um set de filmagens e como conseguiu lidar com as cenas em que precisaria ficar totalmente nua. "Com ou sem nudez, eu nunca teria sido capaz de me impor e pedir por algo que eu queria na primeira temporada. Eu achava que meus sentimentos estavam errados e chorava no banheiro. Depois, eu voltava para as minhas cenas de nudez como se tudo estivesse bem", falou.

Apesar de tudo, Emilia contou que recebeu muito apoio de Jason Momoa, intérprete de Khal Drogo, par romântico de Daenerys na primeira temporada. "Foi muito difícil. Mas as cenas com o Jason acabavam sendo muito melhores. Foi ele quem me disse: 'Não querida, não está tudo bem', quando alguém me pressionava a fazer algo que não queria", continuou.

Ao final, Clarke afirmou que, hoje em dia, se sente mais aberta a expressar suas vontades. "Eu sou mais consciente sobre o que me deixa mais confortável ou desconfortável. Sobre o que eu sinto que é legal fazer e o que não é", finalizou.